Voto de cabresto: Ex-prefeito no interior do RN usa câncer, sugere compra de votos e ameaça quem não votar em Bolsonaro, Fábio Dantas e Rogério Marinho
Natal, RN 16 de jun 2024

Voto de cabresto: Ex-prefeito no interior do RN usa câncer, sugere compra de votos e ameaça quem não votar em Bolsonaro, Fábio Dantas e Rogério Marinho

15 de setembro de 2022
7min
Voto de cabresto: Ex-prefeito no interior do RN usa câncer, sugere compra de votos e ameaça quem não votar em Bolsonaro, Fábio Dantas e Rogério Marinho

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Ex-prefeito dos municípios de Almino Afonso e Rafael Godeiro, o médico Abel Belarmino de Amorim Filho, conhecido como Dr. Abel Filho, enviou um áudio de seis minutos aos eleitores de Rafael Godeiro em que cobra voto nos seus candidatos e reclama da “ingratidão” da eleição passada. No áudio, Filho diz que em 2018 estava doente e não pôde orientar o voto dos moradores da cidade e que teriam dado poucos votos aos seus candidatos. Agora, disse esperar uma “retribuição” da população.

“Vocês, meus amigos, minhas amigas, sabem que eu estava com câncer gravíssimo em 2018. Eu não pude orientar vocês a votarem no candidato a governador, nem a presidente, nem a nada. E vocês só botaram nas urnas 500 votos. Agora chegou a hora de retribuir”, disse.

Ouça o áudio:

Filho ainda reclamou de uma “sacanagem” dos eleitores com ele, e prometeu ajudar os moradores caso consiga os votos pretendidos. 

“Qual é a dúvida gente, qual é a dúvida? Ou vocês querem fazer sacanagem comigo? Ou vocês são ingratos comigo? Ou vocês esqueceram do que eu fiz, e o mais importante: vocês estão esquecidos do que eu posso fazer por vocês?”, diz ele, elencando uma série de familiares que trabalham na área da medicina para explicar os favores que pode fazer.

No áudio, Dr. Abel deixa claro para quem deseja que sua base política vote: no seu irmão e candidato à reeleição a deputado estadual, Dr. Bernardo Amorim (PSDB), na esposa de Bernardo, Kaline Amorim (PSDB) para deputada federal, além de Rogério Marinho (PL) para senador, Fábio Dantas (SD) para governador e Jair Bolsonaro (PL) para presidente.

“Vocês fiquem cientes que eu sei quem cada um votou ou não no meu candidato a presidente, governador e senador também. Evidentemente, Bernardo e Kaline vocês já sabem há muito tempo. Mas eu quero o voto casado. Presidente Bolsonaro, o melhor presidente do mundo. Governador Fábio Dantas, vai se eleger governador do Rio Grande do Norte. Meu amigo pessoal. Já veio na minha casa agora no dia 11 de setembro, a gente está mantendo contato por telefone. O senador Rogério Marinho também já esteve na minha casa, do mesmo modo que eu tenho todo ambiente da casa de vocês”, diz ele, na gravação.

Além do irmão e da cunhada, um dos maiores desejos do ex-prefeito é reeleger Bolsonaro, e diz que espera quadruplicar os votos recebidos pelo presidente na cidade em relação à última eleição. 

No primeiro turno de 2018, Bolsonaro obteve 511 votos em Rafael Godeiro, equivalente a 18,27% dos votos, ficando atrás de Ciro Gomes (PDT) com 597, e de Fernando Haddad (PT), que recebeu 1.596 votos. Já no segundo turno, o atual presidente novamente perdeu no município: 521 votos, que corresponde a 20,29%, contra 2.047 de Haddad. Atualmente, para as eleições de 2022, o eleitorado do município é de 3.786 pessoas.

“Ajude ao presidente Bolsonaro que já está reeleito no primeiro turno, mas precisa de mais votos, principalmente aqui no município [que] só tenho 500 votos. Eu quero dar a ele dois mil votos no município. Ao mesmo tempo, ao governador Fábio Dantas, hoje com apoio de Natal, Mossoró, Parnamirim e assim por diante. Apoio total de dois ministros, apoio total do presidente da república. Estão pensando o quê? Estão com brincadeira, é? Brincadeira é outra coisa. Política é uma coisa séria”, reclamou.

O médico disse que através da eleição dessas candidaturas, pode conseguir casas para o município por meio do programa Casa Verde e Amarela, e que já estaria em contato com o ex-ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, para conseguir as moradias. 

Contas reprovadas

Caso os eleitores desobedecessem a orientação, Abel avisou que não os procuraria mais na eleição seguinte. “Não espere eu na sua casa, nem Ludmila, nem Keké. Nós não vamos procurar vocês na casa de vocês. Aceitamos votar contra, agora vai ficar contra a partir de agora, pra frente. Dito e explicado. Não é ameaça, é uma lógica”. 

A “Ludmila” citada é Ludmila Amorim, prefeita eleita em 2016 que disputaria a reeleição em 2020. Ela chegou a registrar a candidatura, mas foi barrada pela Justiça por problemas na Lei da Ficha Limpa. O nome da ex-gestora consta na relação de contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) por não devolver um dinheiro restante fruto de um convênio assinado com a Secretaria de Infraestrutura do Rio Grande do Norte (SIN/RN).

Abel Filho tem dois processos com contas reprovadas no TCE, um deles pelo mesmo motivo: dano ao erário público, tendo sido condenado ao ressarcimento a ao pagamento de multa. Atualmente com 61 anos, ele foi primeiramente prefeito de Almino Afonso, onde governou de 1989 a 1992. Já em 1996, com outro domicílio eleitoral, foi eleito prefeito de Rafael Godeiro e reeleito em 2000. Voltou em 2008, vencendo novamente em 2012. 

Em 2015, o prefeito chegou a ser afastado do cargo pela Comarca de Almino Afonso, após ser condenado por ter usado recursos destinados ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) para para pagar dívidas com o INSS. Depois o médico retornou ao cargo por decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN)

Sua família é dona de uma grande tradição política no município. Atualmente, a prefeita da cidade é a esposa de Filho, Clevilândia Samara de Vasconcelos Belarmino, popularmente conhecida como “Keké de Dr. Abel Filho”, que substituiu Ludmila em 2020. 

Caminhão de Rogério Marinho

Com uma relação próxima com o ex-ministro Rogério Marinho, que chefiou o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) entre fevereiro de 2020 a março deste ano, Rafael Godeiro foi uma das cidades agraciadas com transferências de recursos de Marinho.

Na última quinta-feira (8), a página da Prefeitura da cidade publicou a informação do recebimento de um caminhão de lixo por meio da (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), vinculada ao MDR.

Caminhão recebido pela Prefeitura de Rafael Godeiro com dinheiro da Codevasf | Foto: reprodução Instagram @prefrafaelgodeiro

“Conquista importante para nossa cidade! Na manhã de hoje recebemos na sede da Codevasf em Mossoró um Caminhão Compactador de Lixo, que será utilizado na limpeza urbana do município”, afirmou a conta institucional. 

“Queremos agradecer ao empenho do Ministério do Desenvolvimento Regional na pessoa do ex-ministro Rogério Marinho e de toda equipe da Codevasf que não mediram esforços para beneficiar os pequenos municípios como nosso. A população agradece o benefício que será importante para todos!”, concluiu.

Desde que Bolsonaro assumiu o poder, o município já recebeu R$ 920 mil de verbas classificadas como “apoio à política nacional de desenvolvimento urbano voltado à implantação e qualificação viária”. Também aparecem mais de R$ 384 mil em auxílios para “apoio a projetos de desenvolvimento sustentável local integrado”. 

O Ministério do Desenvolvimento Regional ganhou as manchetes de notícia no ano passado, quando foi relevado pelo jornal O Estado de S. Paulo um esquema de compra de equipamentos destinados à Codesvasf, com verba do chamado “orçamento secreto”. Nesta segunda-feira (12), o jornal Folha de São Paulo também revelou que pelo menos 26 caminhões para serem distribuídos a aliados políticos do candidato estavam no pátio da Universidade Federal do Semi-Árido (Ufersa), em Mossoró.

Saiba mais

Em novo áudio, ex-prefeito confirma que recebeu caminhão de Rogério Marinho e critica professores contrários aos seus candidatos: “são a favor do demônio”

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.