Lula é o novo presidente do Brasil e amplia votações no RN e Nordeste
Natal, RN 22 de jun 2024

Lula é o novo presidente do Brasil e amplia votações no RN e Nordeste

30 de outubro de 2022
2min
Lula é o novo presidente do Brasil e amplia votações no RN e Nordeste

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o novo presidente do Brasil. O petista teve a eleitção cravada matematicamente neste domingo (30) com 50,83% dos votos e derrotou o atual presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL). Aos 77 anos, este será o terceiro mandato de Lula à frente do Palácio do Planalto. A vitória do pernambucano ainda impôs outro êxito para o petista: a ampliação de votos no Rio Grande do Norte e no Nordeste.

No Estado da governadora Fátima Bezerra (PT), Lula terminou a corrida com 65,10% dos votos. No primeiro turno, o presidente eleito já havia fechado a disputa com 1.264.179 de votos (62,98%) no RN e 66,76% no Nordeste, vencendo em todos os Estados da região. Agora, ainda aumentou os votos em todos os Estados do Nordeste. 

O destaque foi para o Piauí, onde ele havia conquistado 74,2% anteriormente e, agora, passou para 76,85%, no momento em que foi considerado matematicamente eleito nacionalmente. Na Bahia, que elegeu o petista Jerônimo para o Governo estadual, ele foi de 69,7% para 72,07%

Historicamente, a apuração termina primeiro no Sul e Sudeste, para só depois chegar ao Nordeste e concluir junto com as demais regiões. Por isso, o presidente Jair Bolsonaro largou a apuração na frente. A virada a favor de Lula foi às 18h45, com 67,76% das urnas apuradas. Depois disso, o petista não largou mais o primeiro lugar, até ter a consagração da vitória confirmada. 

Este será ainda o quinto mandato do Partido dos Trabalhadores na presidência. Lula chegou ao cargo pela primeira vez em 2002, sendo reeleito em 2006. Quem o sucedeu foi a ex-ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Seu primeiro mandato foi conquistado em 2010 e renovado em 2014. Posteriormente, foi retirada após um impeachment comandado pelo então vice Michel Temer (MDB), numa manobra tida como um “golpe institucional”.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.