Eleições 2022: Sesed registra oito ocorrências de crimes eleitorais no RN
Natal, RN 17 de jul 2024

Eleições 2022: Sesed registra oito ocorrências de crimes eleitorais no RN

30 de outubro de 2022
2min
Eleições 2022: Sesed registra oito ocorrências de crimes eleitorais no RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O Rio Grande do Norte terminou as eleições com oito ocorrências criminais registradas relacionadas ao segundo turno. A informação foi confirmada pelo titular da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed/RN), Coronel Araújo. Os crimes eleitorais praticados no Estado variaram, de acordo com o secretário.

“Desde pessoas que estavam com celular, outros praticando boca de urna, outros fazendo transporte irregular. Mas todos foram conduzidos. Lá, a autoridade policial avalia se ficam detidos ou não. Mas todos irão responder perante a Justiça Eleitoral”, disse Coronel Araújo, em coletiva de imprensa.

Ao longo do dia, eleitores de todo o Brasil denunciaram blitzes realizadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), medida que havia sido proibida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, para evitar que eleitores fossem impedidos de votar. Moraes chegou a determinar que o diretor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o bolsonarista Silvinei Vasques, explicasse as razões de operações que foram denunciadas por eleitores.

Ao todo, foram quatro violações ou tentativas de violações ao sigilo do voto; uma boca de urna; um transporte irregular de eleitores; uma desobediência às ordens da Justiça Eleitoral; e uma desordem que prejudique os trabalhos eleitorais. Das oito ocorrências, em sete houve condução à delegacia e em uma houve prisão.

No Rio Grande do Norte, seis denúncias de supostas operações irregulares da PRF foram arquivadas pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE). Os municípios foram Apodi, João Câmara, Campo Grande, Campo Redondo, Paraú e Ceará Mirim.

De acordo com o secretário da Sesed, nenhuma ocorrência foi confirmada.

“Desde o início do pleito eleitoral que nós estamos trabalhando de forma integrada com a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Federal. Inclusive, o próprio superintendente da PRF ficou a todo tempo conosco dentro do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública e todas as ocorrências relativas a BRs, a rodovias federais, ficaram sob os cuidados dele. Nós não tivemos notícia, no tocante a PRF, de nenhuma intercorrência”, afirmou. 

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.