Em Lisboa, eleitores querem ampliar votação de Lula no segundo turno
Natal, RN 20 de jun 2024

Em Lisboa, eleitores querem ampliar votação de Lula no segundo turno

30 de outubro de 2022
5min
Em Lisboa, eleitores querem ampliar votação de Lula no segundo turno

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Por Cledivânia Pereira - De Lisboa | Portugal

No primeiro turno das eleições deste ano em Lisboa, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) obteve 12.153 votos, contra 6.068 de Jair Bolsonaro (PL). Em 2018, o atual presidente foi o preferido entre os eleitores brasileiros que viviam em Portugal. Dos 32 mil que votaram no primeiro turno em Portugal, 21,5 mil escolheram Lula, que venceu nas três cidades: Lisboa, Porto e Faro.

Lisboa é o maior colégio eleitoral fora do Brasil, com mais de 45 mil brasileiros aptos a votar. Para o segundo turno, o consulado do Brasil na capital portuguesa preparou mudanças para diminuir os problemas das grandes filas do primeiro turno das eleições 2022 - quando os eleitores tiveram que esperar em média quatro horas na fila para conseguir garantir o direito ao voto.

Alex Vitorino (37 anos) chegou em Portugal há menos de um ano mas rapidamente requisitou a autorização para votar em Lisboa. "Diante dessa difícil eleição, nunca deixaria de votar. Com essa eleição, a nossa democracia vai retomar o fôlego. Fiquei com muita esperança em terminar esse período no primeiro turno. Mas acredito que vamos ampliar essa votação agora. É por isso que estou aqui".

Thamires Reina - Eleitora de Lula em Lisboa | Foto: Cledivânia pereira
Thamires Reina - Eleitora de Lula em Lisboa | Foto: Cledivânia pereira

A estudante Thamyres Reina (26 anos) foi uma das primeiras a votar em Lisboa. Ela fazia questão de estampar no rosto o voto em Lula. Pintou o número 13 do lado esquerdo do rosto e a uma estrela no outro. "Tenho com muita esperança. Acreditava que a vitória viria no primeiro turno, mas não estamos aqui novamente para ter essa alegria hoje". Ela vive em Portugal há oito anos e pela primeira vez está votando fora do País. "Não tinha como ficar de fora dessa importante eleição. Fico assustada com a votação que Bolsonaro ainda tem e fico feliz em poder ajudar na volta de Lula para a Presidência".

A melhor organização dos eleitores surtiu efeito e até o meio dia deste domingo, 30, (9h horário de Brasília), mais de 10 mil eleitores já haviam passado pela Faculdade de Direito, na Cidade Universitária. O processo de votação está bem mais rápido que no primeiro turno, mas continua com gargalo porque em cada uma das seções há, em média, 800 eleitores, número considerado alto em comparação com a maior parte das seções do Brasil.

Segundo o cônsul-geral do Brasil na capital portuguesa, Wladimir Valler, "nesse ritmo, acredito que não será necessário estender o horário de votação". No primeiro turno, o horário foi estendido por mais três horas.

Em Lisboa, a votação está distribuída em 118 seções na Faculdade de Direito, na Cidade Universitária, e a grande quantidade de eleitores movimenta praticamente toda a cidade, especialmente o transporte público. A linha da estação de metrô que chega ao local de votação - diferente da calmaria de outros domingos - neste dia 30 está circulando com lotação máxima já nas primeiras horas do dia.

Em Portugal, além de Lisboa, os brasileiros podem votar em Porto (principal cidade da região Norte do País), e em Faro, que fica ao sul. São mais de 80,8 mil eleitores inscritos em Portugal em 2022. No primeiro turno, pouco mais de 32 mil foram às urnas.

Mais de 697 mil brasileiros estão aptos a votar fora do País

As eleições de 2022 marca um recorde no número de brasileiros aptos a votar fora do Brasil. São mais de 697 mil brasileiros que regularizaram o endereço eleitoral fora do País, o que representa um aumento de 39,21% a mais que o número registrado em 2018.

Os eleitores fora do Brasil estão em 181 cidades diferentes, em 98 países. Este ano, Lisboa passou liderar o ranking de maior número de eleitores inscritos. Em 2022, a capital portuguesa tem mais de 113% eleitores brasileiros que nas últimas eleições de 2018. São 45.273 inscritos, um aumento de 113%. Miami e Boston (nos Estados Unidos), são as outras duas cidades com mais eleitores fora do Brasil, com 40.189 e ​​37.159 eleitores, respectivamente.

Portugal é a maior concentração de eleitores brasileiros entre os países da Europa e o segundo maior do mundo – perdendo em número apenas pelos Estados Unidos.

Lula venceu votação de brasileiros no exterior no 1º turno

Em 2018, quando chegou à Presidência, Jair Bolsonaro (PL) recebeu 113,7 mil votos fora do país e terminou em primeiro lugar, com 58,8% dos válidos. Ele foi seguido por Ciro Gomes (PDT), com 14,5%, e Fernando Haddad (PT), 10,1% ficou em terceiro.

No primeiro turno de 2022, Lula (PT) liderou no exterior, com mais 138,9 mil votos, ou seja, 47,2% dos válidos. Bolsonaro até aumentou o número de votos fora do Brasil, chegando a 122,5 mil, mas acabou em segundo, com 41,6%.

Portugal: Votação Lula e Bolsonaro no 1º turno

Lisboa
Lula - 12.153 votos
Bolsonaro - 6.068 votos

Porto
Lula - 8.471 votos
Bolsonaro - 4.206 votos

Faro
Lula - 873 votos
Bolsonaro - 730 votos

Total Portugal:
Lula - 21.497 votos
Bolsonaro - 11.004 votos

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.