“O choro é livre”: Casal de médicos evangélicos do RN que usou desinformação sobre ivermectina na pandemia não consegue reeleição
Natal, RN 13 de jul 2024

"O choro é livre": Casal de médicos evangélicos do RN que usou desinformação sobre ivermectina na pandemia não consegue reeleição

3 de outubro de 2022
2min

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O casal de médicos evangélicos Albert Dickson (PSDB) e Carla Dickson (UB), candidatos a reeleição como deputados estadual e federal, respectivamente, foram derrotados nas urnas.

Albert ficou na quarta suplência do PSDB na Assembleia Legislativa, com 21.354 votos. Ele diminuiu a votação em relação a 2018, quando 31.698 votos garantiram sua eleição. O PSDB elegeu 9 deputados e Albert ficou em 13º lugar entre os candidatos da legenda.

Já Carla Dickson obteve 41.191 votos, mas ficou na primeira suplência do União Brasil. A sigla conseguiu eleger dois deputados federais, Benes Leocádio, reeleito com 100.693 votos, e Paulinho Freire, votado por 77.906 eleitores.

A votação da deputada também diminuiu em relação há quatro anos. Em 2018, Carla Dickson obteve 60.590, o que lhe garantiu a primeira suplência. No entanto, assumiu a cadeira na Câmara Federal após Fábio Faria (PSD) ser nomeado como ministro das Comunicações pelo presidente Jair Bolsonaro.

O choro é livre

No dia 18 de setembro, durante visita de Jair Bolsonaro a Natal, Albert publicou em sua conta no instagram uma foto dele e da esposa ao lado do presidente com a legenda "o choro é livre".

Postagem no instagram do deputado e médico Albert Dickson: o choro é livre

Ivermectina 

Durante a pandemia, Albert e Carla ganharam repercussão internacional após uma reportagem da BBC revelar que o médico passou a trocar likes em vídeos no youtube por receitas do medicamento ivermectina para uso no tratamento de covid-19. A Organização Mundial de Saúde não reconhece eficácia no tratamento preventivo no combate ao coronavírus.

Albert e Carla são membros da Assembleia de Deus, a principal congregação evangélica do Rio Grande do Norte.

A partir de 1º de janeiro de 2023, a família Dickson terá apenas um representante no legislativo, a vereadora de Natal Margareth Régia, irmã de Albert.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.