Pastor de Parnamirim é investigado por divulgação de notícia falsa e abuso de poder religioso
Natal, RN 18 de jun 2024

Pastor de Parnamirim é investigado por divulgação de notícia falsa e abuso de poder religioso

24 de outubro de 2022
2min
Pastor de Parnamirim é investigado por divulgação de notícia falsa e abuso de poder religioso

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O Ministério Público Federal está investigando, sob sigilo, o pastor Elinaldo Renovato de Lima, presidente da Assembleia de Deus do município de Parnamirim-RN, por eventual divulgação de notícia falsa e abuso de poder religioso relacionado às eleições presidenciais deste ano.

A Agência Saiba Mais publicou no dia 10 de outubro um áudio de 11’59’’ em que o líder religioso ataca a Justiça Eleitoral e faz terrorismo cristão. “Essa eleição foi fraudada, isso está mais do que provado”, diz ele, ao defender Bolsonaro (PL) e atacar Lula (PT).

O pastor chega a dizer que os que votam em Lula serão cobrados por deus e vão para o inferno, até mesmo os colegas de igreja: “Tem pastor da Assembleia de Deus que está contra Jesus e vai para o inferno, porque está do lado do diabo e me disseram que não é só um não”.

Parnamirim foi o único município do Rio grande do Norte em que Bolsonaro teve maioria dos votos no primeiro turno das Eleições 2022. O candidato à reeleição teve 48,69% (53.530 votos) contra 43,74% de Lula, votado por 48.084 eleitores.

SAIBA MAIS:

Líder da Assembleia de Deus de Parnamirim diz a fiéis que eleição foi fraudada e que vai para o inferno o crente que votar em Lula

Bolsonaro só venceu Lula em 1 município no RN

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.