Após vencer o primeiro turno com mais de 6 milhões de votos, Lula lidera primeira pesquisa Ipec do 2º turno: 51% a 43%
Natal, RN 23 de jun 2024

Após vencer o primeiro turno com mais de 6 milhões de votos, Lula lidera primeira pesquisa Ipec do 2º turno: 51% a 43%

5 de outubro de 2022
2min
Após vencer o primeiro turno com mais de 6 milhões de votos, Lula lidera primeira pesquisa Ipec do 2º turno: 51% a 43%

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A primeira pesquisa divulgada no 2º turno mostra o ex-presidente Lula (PT) liderando a disputa com 51% dos votos. De acordo com o Instituto IPEC, Jair Bolsonaro (PL) foi citado por 43% dos eleitores.

A diferença é de 8 pontos percentuais.

Apenas 2% disseram não saber em quem votarão e 4% disseram que anularão o voto.

Em comparação ao 1º turno, quando Lula venceu Bolsonaro por uma diferença de 6,2 milhões de votos, o atual presidente se manteve com o mesmo percentual, enquanto o petista subiu 3 pontos percentuais.

Lula recebeu apoio de 57,2 milhões de eleitores no 1º turno enquanto o atual presidente foi votado por 51,07 milhões.

Foram entrevistadas 2.000 pessoas, entre os dias 3 e 5 de outubro, em 129 municípios; margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. Pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-02736/2022.

Apoios

Nos últimos dias, Lula e Bolsonaro foram atrás de apoios para ampliar as alianças. A terceira e o quarto colocado da disputa, Simone Tebet e Ciro Gomes, anunciaram apoio em Lula. O governador proporcionalmente mais bem votado do país, Helder Barbalho, que venceu a eleição no 1º turno com mais de 70% dos votos, também selou acordo com o candidato do PT. Outro apoio simbólico, mas bastante significativo foi o do ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Bolsonaro também conquistou apoios junto a governadores, entre os quais o atual governador de São Paulo Rodrigo Garcia (PSDB), que ficou na terceira posição, e o atual governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), que venceu a eleição ainda no 1º turno.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.