Quem são os nove deputados que estreiam na ALRN em 2023
Natal, RN 20 de jul 2024

Quem são os nove deputados que estreiam na ALRN em 2023

5 de outubro de 2022
7min
Quem são os nove deputados que estreiam na ALRN em 2023

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Nas Eleições 2022, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte reelegeu 15 deputados e os nove que completam a lista de eleitos são novatos.

Os veteranos são Ezequiel Ferreira (PSDB), Coronel Azevedo (PL), Kleber Rodrigues (PSDB), Isolda Dantas (PT), Dr. Bernardo (PSDB), Francisco do PT (PT), George Soares (PV), José Dias (PSDB), Gustavo Carvalho (PSDB), Tomba Farias (PSDB), Cristiane Dantas (Solidariedade), Nélter Queiroz (PSDB), Galeno Torquato (PSDB), Eudiane Macêdo (PV) e Hermano Morais (PV).

Veja quem serão os novos deputados:

Adjuto Dias (MDB)

Filho do prefeito Álvaro Dias (PSDB), Adjuto é ex-secretário de Trabalho e Assistência Social da Prefeitura de Natal da gestão do pai. Antes disso, atuava como delegado de polícia civil em Patos (PB). Conquistou 57.657 votos no estado e já havia se candidatado em 2018, sem êxito, com 28.697 votos.

Com a pasta de Assistência Social nas mãos, ganhou notoriedade durante a pandemia ao distribuir cestas básicas para famílias de baixa renda, com ampla divulgação das ações. Durante a campanha, servidores municipais da Saúde e da Educação relataram “convites” para atividades da campanha do filho do prefeito.

Saiba Mais: Prefeito de Natal e filho serão denunciados ao Ministério Público Eleitoral por uso da estrutura da prefeitura em campanha

Divaneide Basílio (PT)

Primeira deputada estadual preta do RN, Divaneide Basílio (PT) foi vereadora de Natal de 2019 a 2022. Em 2022, recebeu 52.177 votos. É filha de trabalhadores rurais e doutora em Ciências Sociais pela UFRN. Entrou na política por meio da Pastoral de Juventude do Meio Popular (PJMP) e da Rede de Jovens do Nordeste.

Entre as ações desenvolvidas na Câmara Municipal da capital potiguar, lançou um pacote de propostas para combate à violência de gênero; aprovou o TransCidadania, iniciativa que promove emprego e renda a pessoas trans e travestis; e lei que institui política de atenção a refugiados, apátridas e migrantes.

Dr. Kerginaldo Jácome (PSDB)

Médico com atuação nas regiões do Alto e Médio Oeste potiguar, Kerginaldo Jácome recebeu 47.809 votos garantindo vaga na ALRN. É ex-prefeito de Tenente Ananias, onde elegeu a esposa Mazé Jácome por duas vezes e a nora Larissa Jácome (PSD), em segundo mandato. Em 2020 tentou ser prefeito de Paraná, mas não ganhou.

Também articulou a eleição de dois irmãos: o prefeito de Marcelino Vieira, Kerles Jácome (PSD), e o de Venha Ver, Cleiton Jácome (PL).

Ivanilson Oliveira (UB)

Irmão da prefeita de Baraúna, Divaizee Oliveira (PSD), Ivanilson contou com o apoio desse partido, com direito a proximidade do ex-governador Robinson Faria (ex-PSD, atual PL) e da ex-deputada e candidata a deputada federal Márcia Maia (Republicanos), não eleita. Ivanilson foi eleito com 27.426 votos.

Luiz Eduardo (Solidariedade)

Prefeito de Maxaranguape desde 2016, Luiz Eduardo esteve em três partidos desde então, passando pelo PSD, PSDB e agora Solidariedade. É aliado do senador eleito Rogério Marinho (PL) e em 2022, recebeu 31.871 votos. O registro de candidatura apresenta que a profissão é de empresário, mas não consta empresa em seu nome nos bens declarados.

Neilton (PL)

Neilton Diógenes é vice-prefeito de Apodi (desde 2021), mas blogs da região relatam rompimento com o prefeito, Alan Silveira (MDB), ao se candidatar a deputado estadual. Recebeu 25.143 votos. Graduado em Enfermagem, pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), cabo do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CMRN) e co-fundador do Grupo Telecab.

Taveira Júnior (UB)

O empresário Taveira Júnior, filho do prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, recebeu o menor número de votos entre os eleitos, 26.714. Foi o candidato a deputado estadual preferido de Parnamirim, com 11.468 (11,49%) votos.

Terezinha Maia (PL)

Viúva do ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulinho Emídio, Terezinha Maia teve 29.440 votos. Já havia se candidatado em 2018 pelo PR. É natural do município de São Fernando, onde foi vice-prefeita do prefeito Genildo também Maia.

Wendel Lagartixa (PL)

Eleito com o maior número de votos, um total de 88.265, o ex-policial militar Wendel Lagartixa (PL), de 45 anos, é investigado por envolvimento com grupos de extermínio na capital potiguar e chegou a ser preso durante a campanha (de 20 de julho a 15 de setembro), acusado por três homicídios consumados e três tentados.

O Ministério Público Eleitoral pediu a impugnação da candidatura dele por ter sido condenado por posse de arma ou munição de uso restrito sem autorização, que é considerado hediondo. Terminou de cumprir a pena em 4 de junho de 2021 e, de acordo com a procuradoria responsável, Wendel ainda não cumpriu o período de oito anos de inelegibilidade previstos em lei e que começam a ser contados após o término do cumprimento da pena. Entretanto, o TRE-RN aprovou a candidatura.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.