PRF-RN retira bloqueio e libera fluxo de veículos na BR 101, em Parnamirim
Natal, RN 19 de jun 2024

PRF-RN retira bloqueio e libera fluxo de veículos na BR 101, em Parnamirim

1 de novembro de 2022
2min
PRF-RN retira bloqueio e libera fluxo de veículos na BR 101, em Parnamirim

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) retirou o bloqueio e liberou o fluxo de veículos na BR 101, altura de Parnamirim, na Grande Natal. Desde a noite dessa segunda-feira (31), grupos bolsonaristas pró-golpe interditavam a via pedindo intervenção militar.

Manifestantes seguem nas imediações da rodovia, concentrados em postos de gasolina, onde a tropa de choque da PRF tenta controlar a movimentação para que não haja novos bloqueios no local.

Fluxo de veículos liberado no km 104 da BR 101 pic.twitter.com/6k7H78Nifu

— PRF Rio Grande do Norte (@prf_rn) November 1, 2022

A ação segue movimento nacional que ainda contabiliza 267 pontos de concentração, interdição e bloqueio em rodovias federais por todo o país. A mobilização começou ainda no domingo (30), durante a apuração do 2º turno das Eleições 2022, e chegou a 421 pontos de bloqueio na segunda-feira (31).

Com ausências marcantes do diretor-geral, Silvinei Vasques, e do ministro da Justiça, Anderson Torres, a PRF Brasil realizou coletiva de imprensa, no final da manhã dessa terça-feira (1º), para esclarecer as ações tomadas pela instituição no intuito de enfrentar os atos inconstitucionais.

De acordo com o diretor Executivo da PRF Brasil, Marco Territo, as medidas adotadas pelo órgão incluíram: deslocamento de pessoal para estados com maior concentração de interdições, aumento de 400% no efetivo ordinário diário e apoios da Polícia Federal, Força Nacional e polícias militares dos estados.

Até o momento, em todo Brasil, a PRF realizou 306 desobstruções e 182 autuações. As medidas administrativas, ancoradas no Código de Trânsito Brasileiro, incluem multas de R$ 5.869, para quem está praticando a interdição, e R$ 17.608 para organizadores do ato.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.