CIDADANIA

Servidores estaduais da saúde realizam paralisação de advertência nesta quarta (23)

Os servidores estaduais da saúde estão de braços cruzados nesta quarta-feira (23). Na pauta do movimento, os trabalhadores exigem diálogo com o Governo do Estado e uma série de reivindicações, como a implantação do Piso Salarial da Enfermagem em 2023, progressões, qualificações, mudanças de nível, um novo concurso público e denúncias de assédio moral.

A paralisação de 24h ocorre em meio à cobrança do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do RN (Sindsaúde/RN), que aguarda desde março por uma audiência com a governadora Fátima Bezerra (PT). “É uma negociação que infelizmente não tem avançado adequadamente, mas estou confiante de que será vitoriosa. O governo está prometendo, até segunda-feira, negociar toda essa pauta”, destaca Paulo Martins, coordenador do Sindsaúde.

A categoria garante que o movimento está obedecendo à lei de greve, e resguarda o percentual de 30% do efetivo para o atendimento de casos de urgência e emergência nos hospitais públicos do estado. A última paralisação da saúde havia sido em outubro deste ano.

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) ainda não se pronunciou sobre o movimento.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo