Acusados de planejar atentado aparecem em foto com deputado do RN durante audiência pública no Senado
Natal, RN 16 de jun 2024

Acusados de planejar atentado aparecem em foto com deputado do RN durante audiência pública no Senado

27 de dezembro de 2022
4min
Acusados de planejar atentado aparecem em foto com deputado do RN durante audiência pública no Senado

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Os dois homens acusados de planejar um atentado terrorista próximo ao Aeroporto de Brasília, o empresário George Washington de Oliveira Sousa, de 54 anos, e o eletricista Alan Diego Rodrigues, de 32, aparecem na mesma foto que o deputado federal pelo Rio Grande do Norte, General Girão (PL-RN), durante uma audiência pública no Senado Federal. 

Na foto, divulgada pela própria Agência Senado, a dupla se senta próximo ao deputado Girão, que aparece em primeiro plano, e de outros parlamentares bolsonaristas. O evento foi realizado no dia 30 de novembro para avaliar denúncias feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) de falta de isonomia de algumas rádios na veiculação das propagandas eleitorais gratuitas.

Na época, o ministro das Comunicações do governo Bolsonaro, Fábio Faria, acusou a rádio do próprio pai como um dos veículos que veicularam menos propagandas de Jair Bolsonaro do que de Lula (PT). Posteriormente, Faria disse ter se arrependido da entrevista coletiva na qual apresentou a denúncia e que serviu para a família Bolsonaro questionar as eleições. 

A audiência no Senado na qual Girão aparece próximo aos suspeitos de planejar o atentado ocorreu na Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor. De acordo com o jornal Correio Braziliense, a polícia legislativa sabe quem autorizou a entrada de George no Senado, mas trata a informação como sigilosa. Já sobre a entrada de Alan Diego Rodrigues, os jornalistas não obtiveram resposta. 

Alimentando atos contra a democracia...

Em suas redes sociais, o deputado Girão incentiva seguidores de Bolsonaro a contestar o resultado das eleições e manter as ocupações antidemocráticas nos quartéis. Há dois dias, no último domingo (25), o parlamentar postou uma enigmática mensagem natalina de que a Força Aérea Brasileira transformaria “desejos em ações”. Antes, ele já havia se reunido com bolsonaristas acampados e disse que "Papai Noel vai chegar, acreditem em Papai Noel, pode até ser camuflado também... o estado brasileiro entrega aos militares o direito de usar a violência em seu nome para defesa do Estado brasileiro, da democracia, da soberania. E eu tenho certeza que é o que as nossas Forças Armadas continuarão fazendo...", declarou Girão em acampamento de bolsonaristas, localizado em Natal (RN), que contesta o resultado das eleições 2022 das quais o próprio deputado saiu vitorioso dentre os parlamentares eleitos pelos potiguares.

", numa mensagem que os seguidores de Bolsonaro que contestam o resultado das eleições entenderam como um código cifrado.

Imagem: reprodução do twitter do deputado General Girão
Imagem: reprodução do twitter do deputado General Girão

Suspeitos de planejar atentado estão presos 

O empresário George Washington de Oliveira Sousa está preso desde o dia 25 no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, acusado de arma a bomba encontrada no eixo de um caminhão tanque abastecido com 63 mil litros de querosene de aviação. A bomba foi desarmada pelo Esquadrão de Bombas do Batalhão de Operações Especiais (Bope). 

Em depoimento à polícia, o empresário disse que o plano inicial era explodir a bomba em uma subestação de Taguatinga, também no Distrito Federal. O explosivo teria sido entregue a Alan Diego, que está sendo procurado pela polícia. 

Alan Diego que é natural do Mato Grosso e trabalha como eletricista, no entanto, não teria seguido o plano de colocar o explosivo na estação elétrica. Em suas redes sociais, Alan também demonstra apoio aos acampamentos antidemocráticos realizados em quartéis generais de pessoas que não aceitam o resultado das eleições e a derrota de Bolsonaro.  

Imagem: reprodução do twitter do deputado General Girão
Imagem: reprodução do twitter do deputado General Girão

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.