Álvaro Dias assume Republicanos no RN, sigla que apoiou Fátima ao governo
Natal, RN 19 de jun 2024

Álvaro Dias assume Republicanos no RN, sigla que apoiou Fátima ao governo

15 de dezembro de 2022
3min
Álvaro Dias assume Republicanos no RN, sigla que apoiou Fátima ao governo

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, deixou o PSDB e se filiou ao Republicanos para comandar a sigla no Rio Grande do Norte. Dias assume o partido que, nas eleições de 2022, integrou a coligação vitoriosa da governadora Fátima Bezerra (PT) à reeleição e que já contou com cargo no primeiro escalão, o do médico sanitarista Jaime Calado, ex-secretário de desenvolvimento econômico até abril deste ano.

Apesar de ter Calado como um dos seus principais nomes, o ex-secretário da Sedec não integra a direção estadual da legenda, que encerra a vigência nesta sexta-feira (16). O atual presidente estadual é Victor Hugo, que concorreu a uma cadeira de deputado federal neste ano e não foi eleito. Hugo é filho do ex-presidente estadual do Republicanos e vice-presidente nacional da Força Sindical, Abraão Lincoln. Outro nome de relevância atualmente é Márcia Maia, secretária-geral e filha da ex-governadora Wilma de Faria.

O anúncio da chegada do prefeito da capital partiu do presidente nacional do Republicanos, Marcos Pereira.

“A partir de agora, Álvaro e seu grupo político assumem o comando do Republicando no estado do Rio Grande do Norte”, anunciou nas redes sociais.

Nas eleições de 2022, o Republicanos não elegeu nenhum deputado no Rio Grande do Norte. Jaime Calado, ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante, foi o mais votado da nominata para a Câmara, com 35.672 votos, insuficientes para ser eleito. Já na Assembleia Legislativa, o posto de mais votado foi de Manuel Messias, com 15.489 votos. 

Fátima aqui, Bolsonaro lá

Nacionalmente, o novo partido do prefeito é o braço eleitoral da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), do bispo Edir Macedo, com fortes ligações com a bancada evangélica e o neopentecostalismo. A legenda fez parte da chapa derrotada de Jair Bolsonaro (PL) à presidência, que teve ainda a participação do PP.

No RN, entretanto, o Republicanos integrou a coligação “O melhor vai começar”, de Bezerra, que venceu a disputa para o governo ainda no primeiro turno. Outros partidos na chapa incluíam a Federação Brasil da Esperança (PT, PCdoB e PV), PDT, MDB e PROS.

Agora, a tendência é que o partido dê um giro à direita no Rio Grande do Norte. Álvaro Dias foi o coordenador de campanha de Bolsonaro em Natal durante o segundo turno. Em sua alçada, organizou carreatas, comícios e reuniões com secretários, empresários e terceirizados para instruir o voto em seu candidato.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.