Deputados no RN ganham até 22 vezes a renda média da população; diferença é a maior do país 
Natal, RN 16 de jun 2024

Deputados no RN ganham até 22 vezes a renda média da população; diferença é a maior do país 

27 de dezembro de 2022
3min
Deputados no RN ganham até 22 vezes a renda média da população; diferença é a maior do país 

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Enquanto o trabalhador potiguar ganha, em média, R$ 1.292,72 por mês, os deputados estaduais vão receber mensalmente um salário de R$ 29.469,00 a partir de 2023. A distância entre a remuneração de um e outro é a maior de todo o país. No RN, os parlamentares ganham mais de 22 vezes (22,8) a renda média da população, segundo comparativo realizado pelo jornal O Globo em reportagem publicada nesta terça (27). 

Além do Rio Grande do Norte, parlamentares de outras nove assembleias legislativas do país também aprovaram, na última semana, um aumento gradual nos próprios salários que passa a valer a partir de janeiro de 2023: Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins. A renda média da população foi calculada de acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Atualmente, o salário de um deputado estadual no RN é de R$ 25.322,25, valor bem acima da média da renda da população. No último dia 21, os parlamentares se deram um reajuste progressivo de salários que começa em 16,3%, em 1º de janeiro, e chega aos 37,3% a partir de fevereiro de 2025. 

Assim, a partir de janeiro os salários dos deputados no RN chegarão a R$ 29.469,99; em abril de 2023, passarão a R$ 31.238,19; em 2024, o valor atingirá R$ 33.006,39, fechando em R$ 34.774,64 no primeiro bimestre de 2025. 

Com a pior renda do país (R$ 1.292,72) o trabalhador no Rio Grande do Norte sofre com a maior disparidade entre o salário de um deputado estadual e a de um trabalhador comum, que recebe 22,8 vezes menos que um parlamentar. 

O aumento observado nas Assembleias Legislativas nos estados do país segue o comportamento do Congresso Nacional que no último dia 20 aprovou reajuste nos salários do presidente e vice-presidente da República, ministros de Estado, deputados federais e senadores. 

No país, a diferença média entre o salário do trabalhador comum e dos parlamentares do Congresso Nacional é de 15,1 vezes, com o trabalhador comum recebendo salário mensal de R$ 2.754, segundo o IBGE. 

Elite política 

Pelo levantamento realizado pelo O Globo, na América Latina, apenas a Colômbia mantém uma diferença semelhante, onde os deputados recebem R$ 37.859 por mês, e a população, R$ 2.504. 

Na Argentina, os salários de congressistas é 6,2 vezes maior que o da população; em El Salvador parlamentares ganham 3,4 vezes mais que a média da população; na Dinamarca essa proporção de 2,9 vezes, enquanto um parlamentar por lá ganha R$ 44,4 mil por mês, a renda de dinamarquês comum é de R$ 15,2 mil.  

Reprodução jornal O Globo

Saiba +

Trem da alegria: Deputados do RN receberão até R$ 177 mil em bônus por mudança de legislatura

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.