Mesmo com isenção de ICMS sobre diesel até março, empresários de intermunicipais pedem reajuste de 52% na tarifa
Natal, RN 18 de jun 2024

Mesmo com isenção de ICMS sobre diesel até março, empresários de intermunicipais pedem reajuste de 52% na tarifa

29 de dezembro de 2022
2min
Mesmo com isenção de ICMS sobre diesel até março, empresários de intermunicipais pedem reajuste de 52% na tarifa

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Apesar do Governo do Estado ter garantido isenção de ICMS (Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação) aos empresários do transporte metropolitano e intermunicipal que atuam no Rio Grande do Norte até o mês de março do próximo ano, o grupo protocolou um pedido de aumento na tarifa no valor de 52,06% nesta quarta (28).  

As entidades do setor alegam que a tarifa está defasada porque não há reajuste no preço da passagem desde 2018, situação que teria sido agravada pelas recorrentes altas no preço do diesel e da perda de passageiros em decorrência da pandemia da covid-19. A solicitação foi registrada junto ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que vai analisar a proposta.  

O Governo do Estado concedeu, em junho de 2020, desoneração de 50% sobre o ICMS do combustível para os sistemas metropolitano e intermunicipal de transporte. Em janeiro deste ano a desoneração foi ampliada, chegando a 100% no caso do sistema metropolitano e 80% para o intermunicipal. Para isso, na ocasião, um dos compromissos firmados com o setor foi para que não ocorresse reajuste tarifário. 

Diante do pedido dos empresários, a governadora Fátima Bezerra orientou que o secretário de Tributação Carlos Eduardo Xavier (SET-RN) e a diretora-geral do DER-RN, Natécia Nunes, recebessem, também nesta quarta, os empresários do setor para discutir alternativas que possam reduzir o impacto de um eventual aumento de tarifa para o usuário dos sistemas de transporte. A partir da reunião, os empresários concordaram em realizar um estudo interno e levar ao DER-RN a planilha de custos para que o Departamento possa analisar os dados e avaliar os cenários de negociação que possam resultar em menor impacto possível ao usuário do sistema. Uma nova reunião está prevista para janeiro de 2023. 

 

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.