PT mapeia cargos federais no RN; INCRA, CBTU, Codern e outros estão no radar
Natal, RN 15 de jun 2024

PT mapeia cargos federais no RN; INCRA, CBTU, Codern e outros estão no radar

29 de dezembro de 2022
3min
PT mapeia cargos federais no RN; INCRA, CBTU, Codern e outros estão no radar

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Enquanto o presidente eleito Lula (PT) fecha o primeiro escalão do Governo Federal em Brasília, o PT do Rio Grande do Norte estuda quais órgãos federais com representação no Estado pode ocupar. Uma comissão foi formada para analisar as pastas. Dentre os órgãos que a sigla de Fátima Bezerra pode requerer, estão o INCRA, CBTU, Codern e outros. 

Ainda que a discussão já esteja sendo feita pelo partido, nenhum martelo foi batido oficialmente. O grupo formado para estudar os cargos foi confirmado pelo presidente do PT estadual, Júnior Souto.

“Nós estamos constituídos em uma comissão que está fazendo esse mapeamento para ‘startar’ [inciar] as conversas no ambiente partidário e mediado pela liderança da governadora. Há um trabalho em andamento nessa direção”, afirmou.

A comissão é composta pelo partido, pelas representações dos mandatos federais e do Governo. 

“A gente vai produzir consenso em torno das pretensões, das indicações de cada um desses setores em conexão com a mesa nacional, porque a gente sabe que tem uma compreensão nacional de trazer suas repercussões para o âmbito estadual e a gente vai ter que fazer essa mediação. Conversa com o partido, conversa com o mandato, conversa com o movimento, conversa com o plano federal para produzir os consensos de modo que a gente possa fazer as sugestões com brevidade”, disse Souto.

Nenhum órgão está descartado. Mas, dentre os já analisados, estão o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern). Entretanto, dentro do PT, é sabido que o partido vai querer indicar mais postos do que apenas esses.

No momento, a comissão se concentra em entender o desenho dos órgãos da União e das suas representações no RN. No governo Bolsonaro, são 23 pastas ministeriais. Com Lula, a partir de 2023, serão 37. Em meio a gestão do atual presidente, fusões foram feitas, ministérios foram extintos e outros recriados. Consequentemente, as autarquias mudaram de direções e devem novamente se relocalizar a partir do ano que vem.

O Incra, por exemplo, era da alçada do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) até 2016, mas teve sua estrutura transferida para a Casa Civil. Em 2019, no governo Bolsonaro, a autarquia foi transferida ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Para 2023, o MDA será recriado. Nesta quinta (29), Lula anunciou o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) como futuro titular da pasta.

No terceiro governo do petista, o MDA ficará responsável pela implementação de políticas públicas voltadas à reforma agrária e pelo fortalecimento da agricultura familiar brasileira.

A partir da semana que vem, já com Lula empossado, a comissão deve viajar à Brasília para reuniões e a definição do comando das autarquias.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.