UFRN define lista tríplice; nomeação ficará a cargo do presidente Lula
Natal, RN 15 de jun 2024

UFRN define lista tríplice; nomeação ficará a cargo do presidente Lula

9 de dezembro de 2022
3min
UFRN define lista tríplice; nomeação ficará a cargo do presidente Lula

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O Conselho Universitário da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) definiu a lista tríplice para os cargos de reitor e vice-reitor na gestão 2023-2027. Confirmando a escolha da consulta pública realizada no dia 8 de novembro, José Daniel Diniz Melo e Henio Ferreira de Miranda foram os mais votados, com 42 votos cada. 

Segundo a UFRN, após o processo de consulta pública e definição do Conselho Universitário, o resultado será encaminhado ao Ministério da Educação (MEC), para nomeação pelo Presidente da República. No entanto, isso deve ocorrer em janeiro de 2023, logo, a escolha e nomeação do novo reitor ficará a cargo do presidente eleito Lula (PT).

As outras chapas votadas foram compostas pelos pelos professores Maria Lussieu da Silva e Jefferson Fernandes Alves, com cinco votos cada, como reitora e vice; além de Alexandro Teixeira Gomes  e Jeanete Alves Moreira, respectivamente, com quatro votos cada. O atual reitor, José Daniel Diniz Melo, e seu vice, Henio Ferreira de Miranda, tiveram 42 votos cada.  

Resiliência e superação

Em meio a sucessivos cortes orçamentários, realizados pelo Governo Bolsonaro, o reitor eleito fala em resiliência e superação.

Daniel Diniz (à frente) e Henio Miranda (ao fundo). | Foto: Cícero Oliveira/UFRN

Para mim, ‘superação’ é a palavra que resume bem esses últimos anos na UFRN. Esse é o balanço que faço do período porque, apesar de todas as dificuldades, graças ao comprometimento da nossa comunidade universitária, avançamos em diversos aspectos. Por isso, dirijo meus agradecimentos à comunidade da UFRN, que tem demonstrado resiliência neste período de crise orçamentária”, disse o reitor à Agência SAIBA MAIS.

Como resultados positivos da sua gestão à frente da Reitoria da UFRN nos últimos quatro anos, Daniel Diniz cita o 1º lugar em governança e gestão, conforme o Tribunal de Contas da União (TCU), e o 1º lugar em transparência ativa, na avaliação realizada pela Controladoria-Geral da União (CGU). 

No ensino, a busca permanente pela excelência acadêmica resultou na melhoria dos índices de qualidade, com 66% dos nossos cursos de graduação com conceito 4 ou 5 no Enade. Além disso, o número de programas de pós-graduação com notas consideradas de excelência dobrou, de acordo com a Capes”, destaca o reitor reconduzido para o cargo.

Outras ações citadas por ele foram a criação da Faculdade de Engenharia, Letras e Ciências Sociais (Felcs), em Currais Novos, e o aumento de quase 30% no número de bolsistas Pesquisadores Produtividade e de Bolsas de Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

"Mesmo diante de tantas perdas, conseguimos nos manter firmes na nossa missão de educar, produzir e disseminar o saber universal, de forma inovadora e inclusiva, socialmente referenciada, reconhecida nacional e internacionalmente por sua excelência acadêmica e de gestão", avalia Daniel Diniz.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.