CIDADANIA

2 de fevereiro: Festival Flores para Iemanjá quer unir povos de terreiro na praia de Jacumã

O culto à rainha do mar ganhará um capitulo inédito no Rio Grande do Norte dia 2 de fevereiro. Com a praia de Jacumã de cenário, o Festival Flores para Iemanjá pretende fortalecer as relações entre os povos de terreiro e as religiões de matriz africana cultuadas na região Metropolitana de Natal.

O evento ocorre a partir das 17h, na praia de Jacumã, em Ceará-mirim, e conta com programação cultural do grupo Coco Sinhá, gira de Santo, louvação a Iemanjá, cortejo e confraternização entre os povos de terreiro.

Iemanjá é uma divindade cultuada por religiões como o candomblé e a umbanda, que popularizou-se pelo sincretismo religioso com a Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora dos Navegantes e a Virgem Maria.

Além dos terreiros de Ceará-mirim, a organização do evento espera atrair irmãos e irmãs de santo de Natal, Macaíba, São Gonçalo do Amarante e da comunidade do Barretão.

 – O evento visa fortalecer a cultura de tradição presente na cidade e região através da união dos povos de terreiros, aliados e demais devotos de Iemanjá para prestação de votos, apresentações musicais, giras, cortejo e outras simbologias. Promovendo a visibilidade à cultura de tradição, fortalecendo expressões subjetiva-se construindo pontes para o respeito a diversidade religiosa, destacou Kelly Koema, idealizadora do festival.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Previous ArticleNext Article