Esquerda cresce, mas parlamentares do RN ainda são de maioria conservadora e masculina
Natal, RN 22 de abr 2024

Esquerda cresce, mas parlamentares do RN ainda são de maioria conservadora e masculina

30 de janeiro de 2023
5min
Esquerda cresce, mas parlamentares do RN ainda são de maioria conservadora e masculina

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Os 24 deputados estaduais e oito federais do Rio Grande do Norte tomam posse nesta quarta-feira (1º) vendo um aumento no número de votos dos parlamentares de esquerda, mas ainda com Casas conservadoras e de maioria masculina.

Na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN), a representatividade feminina ganha espaço, mas ainda aquém da média da população. A partir de 2023, serão cinco mulheres e 19 homens. Esta será a maior bancada feminina da história de acordo com o Memorial da AL. Ainda assim, o percentual de 20,8% de mulheres no parlamento está longe das 53% de eleitoras femininas do Estado.

Até a última eleição, o máximo de mulheres deputadas eleitas no RN eram quatro, em 1998, 2002 e 2006. Os nomes da vez serão Isolda Dantas (PT), Divaneide (PT), Cristiane Dantas (SD), Eudiane Macedo (PV) e Terezinha Maia (PL). Destas, Isolda, Cristiane e Eudiane renovam seus mandatos, e as demais são novatas na Casa.

No campo da esquerda, dois partidos do campo progressista ganharam assentos em 2018 com três parlamentares: Isolda, Francisco do PT e Sandro Pimentel (PSOL). Agora, serão seis deputados de dois partidos diferentes: PT e PV. Ambos compõem juntos a federação Brasil da Esperança ao lado do PCdoB. O PT ganhou mais um assento e terá a presença de Divaneide na ALRN, indo para três parlamentares, além dos outros três do PV (George Soares, Eudiane e Hermano Morais).

Já o estadual mais votado, Wendell Lagartixa (PL), não tomará posse. O militar reformado, eleitor declarado de Bolsonaro e que ganhou fama sob um forte discurso antipetista, foi barrado por já ter sido condenado por um crime hediondo. Lagartixa passou parte de sua campanha preso após ter sido acusado de ter sido um dos participantes de um triplo homicídio em abril, na Redinha, Natal. Ele deu lugar a Ubaldo Fernandes (PSDB).

Com Fernandes, o PSDB amplia sua força na Casa e se mantém como o principal partido da ALRN. Rival histórico do PT em eleições presidenciais passadas, a sigla perdeu força após a ascensão do bolsonarismo, ficando de fora dos dois últimos segundo turnos nacionais. Também saiu derrotado ao governo de SP para Tarcísio de Freitas, aliado e ex-ministro de Bolsonaro, num território em que sempre foi hegemônico e que governou por décadas.

No RN, por outro lado, a legenda permanece firme e também preside a Mesa Diretora com Ezequiel Ferreira. Um dos cotados para substituí-lo na eleição da nova Mesa é Kleber Rodrigues, do mesmo partido. 

Câmara

Já na Câmara Federal, a bancada potiguar será renovada com aumento expressivo do PL, sigla do ex-presidente Jair Bolsonaro, ao passo em que também viu o PT aumentar a representação.

Metade da bancada federal será composta pelo PL (João Maia, Robinson Faria, General Girão e Sargento Gonçalves). Por outro lado, a reeleita Natália Bonavides (PT) experimentou um crescimento nos votos e foi a mais votada do Estado, com 157.575 votos, mais de 44 mil a mais do que há quatro anos. Em 2018, ela teve a companhia de Rafael Motta (PSB) no campo progressista e agora terá ao seu lado um filiado também do PT, Mineiro. 

Entre a esquerda, houve também evolução de votos entre 2018 e 2022. Juntos, Bonavides e Motta somaram 195.789 apoios há quatro anos. Agora, a deputada petista e Mineiro tiveram 241.046 votos.

Em Brasília, Natália será novamente a única mulher eleita pelo RN. Na atual legislatura, prestes a se encerrar, o Estado ainda teve a médica conservadora Carla Dickson, mas esta entrou após o afastamento de Fábio Faria para assumir um ministério do governo Bolsonaro.  

A posse dos novos deputados estaduais será nesta quarta (1º), às 9h, no Plenário da ALRN. No Distrito Federal, os deputados federais tomam posse às 10h na Câmara.

Veja a seguir as novas bancadas do RN:

Deputados estaduaisDeputados federais
Ezequiel Ferreira (PSDB)Natália Bonavides (PT)
Coronel Azevedo (PL)João Maia (PL)
Kleber Fernandes (PSDB)Benes Leocádio (União Brasil)
Adjuto Dias (MDB)Robinson Faria (PL)
Isolda Dantas (PT)Mineiro (PT)
Dr. Bernardo (PSDB)Paulinho Freire (União Brasil)
Divaneide Basílio (PT)General Girão (PL)
Francisco do PT (PT)Sargento Gonçalves (PL)
George Soares (PV)
José Dias (PSDB)
Kerginaldo Jácome (PSDB)
Gustavo Carvalho (PSDB)
Tomba Farias (PSDB)
Cristiane Dantas (Solidariedade)
Nélter Queiroz (PSDB)
Galeno Torquato (PSDB)
Eudiane Macedo (PV)
Ubaldo Fernandes (PSDB)
Luiz Eduardo (Solidariedade)
Terezinha Maia (PL)
Hermano Moraes (PV)
Ivanilson Oliveira (União Brasil)
Taveira Jr. (União Brasil)
Neilton (PL)
Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.