Fátima reafirma compromisso com democracia em reunião de governadores com Lula: “Não vamos abrir mão do Brasil que precisamos e merecemos”
Natal, RN 23 de jun 2024

Fátima reafirma compromisso com democracia em reunião de governadores com Lula: “Não vamos abrir mão do Brasil que precisamos e merecemos”

9 de janeiro de 2023
3min
Fátima reafirma compromisso com democracia em reunião de governadores com Lula: “Não vamos abrir mão do Brasil que precisamos e merecemos”

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A governadora do Rio Grande do Norte Fátima Bezerra (PT) falou em nome da região Nordeste na reunião do Fórum Nacional dos Governadores convocada pelo presidente Lula nesta segunda-feira (9).

O primeiro encontro do chefe da República com os governadores foi antecipado para hoje em razão dos ataques terroristas promovidos por golpistas que invadiram e depredaram o Congresso, o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal no domingo. Além de Lula, ministros e dos 27 governadores do país, participaram da reunião também a presidenta do STF Rosa Weber, os presidentes do Senado Rodrigo Pacheco, e da Câmara Arthur Lira; além do procurador-geral da República Augusto Aras.

Realizado no Palácio do Planalto, o encontrou está sendo visto como um símbolo de fortalecimento da democracia e união entre os três Poderes da República, envolvendo lideranças políticas de tendências políticas divergentes.

Um exemplo dessa simbologia foi o governador escolhido para falar em nome dos chefes dos executivos do Sudeste. Tarcísio de Freitas é o político presente ao encontro mais próximo do ex-presidente Jair Bolsonaro e, em sua fala, disse com todas as letras que é preciso "reconstruir o Brasil".

Representando o Centro-Oeste, a governadora em exercício do Distrito Federal Celina Leão (PP), também aliada de Bolsonaro, fez questão de destacar sua disposição para o diálogo em relação ao governo federal. Ela foi nomeada hoje após o afastamento por 90 dias do governador eleito Ibanez Rocha (MDB). A decisão foi assinada pelo ministro do STF Alexandre de Moraes.

Representante do Estado potiguar, Fátima levou a solidariedade dos governos estaduais nordestinos ao presidente Lula e aos chefes dos demais poderes. E cobrou a punição dos responsáveis pelo que classificou de “atos golpistas e terroristas”.

- Não poderia ser outra a atitude dos governadores para dizer à sociedade brasileira que estamos aqui firmes em harmonia e em sintonia com os demais Poderes na defesa da democracia para deixar muito claro que os atos de ontem não podem ficar impunes. Os atos são chamados antidemocráticos porque são atos golpistas e terroristas. Golpistas porque não querem aceitar as regras do jogo consignadas na nossa Constituição cidadã”.

Ao falar sobre a depredação do patrimônio público, Fátima destacou que, assim como a presidência da República e o Poder Judiciário, os Estados também estão tomando medidas necessárias para “garantir o funcionamento pleno da democracia”. No final da manhã, após criação do gabinete de gestão de crise, a governadora autorizou o uso das forças de segurança para acabar com o acampamento instalado em frente ao Quartel General do Exército.

- A palavra da região Nordeste se soma às demais regiões do Brasil. Não vamos abrir mão do Brasil que nós merecemos e que nós precisamos. Esse é o Brasil da paz, em que andaremos de mão dadas, reforçando o diálogo base do pacto federativo. É de mãos dadas que vamos trazer paz, emprego, cidadania ao povo brasileiro. Democracia sempre”.

Até a conclusão desta matéria a reunião o encontro em andamento com as sucessivas falas dos representantes dos Estados e demais Poderes.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.