Midway Mall começa a cobrar estacionamento dia 30 de janeiro
Natal, RN 15 de jun 2024

Midway Mall começa a cobrar estacionamento dia 30 de janeiro

27 de janeiro de 2023
2min
Midway Mall começa a cobrar estacionamento dia 30 de janeiro

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Após 18 anos com estacionamento gratuito, a partir do dia 30 de janeiro, a próxima segunda-feira, o Midway Mall começa a cobrar taxa de quem for ao shopping com carro ou moto. O valor para automóveis será de R$ 10 por até quatro horas, mais R$ 2 por hora adicional; e para motocicletas, R$ 6, mais R$ 1 por hora adicional. Até 20 minutos de permanência, o usuário não paga.

A novidade já havia sido anunciada, mas sem dia certo para ser implantada. Desde o dia 4 de janeiro, a saída do shopping exigia validação gratuita do cartão de estacionamento.

“O empreendimento reitera que essa é uma prática comumente adotada pelo setor em todo o país, e que permite garanti a melhor oferta de vagas no empreendimento para uso exclusivo de seus clientes. Além disso, esclarecemos que o Midway Mall foi o último empreendimento de grande porte a realizar a cobrança e que as tarifas adotadas estão em linha com a média cobrada pelo mercado e seguirão uma tabela progressiva”, justificou em comunicado.

Os lojistas vão receber uma quantidade de cartões, que leva em consideração o tamanho do estabelecimento, para liberar a entrada de funcionários e evitar que eles paguem pelo estacionamento para trabalhar.

O Midway Mall tem, atualmente, mais de 230 lojas de diferentes tamanhos, incluindo aquelas localizadas em alamedas (corredores) e quiosques. As menores vão de 36 metros quadrados e as maiores podem passar dos 300 metros quadrados.

A direção do Midway Mall anunciou também que vai reduzir a taxa condominial que é paga pelos lojistas e através da qual são rateadas entre os comerciantes as despesas com água, manutenção, material limpeza, segurança, serviços gerais, funcionários e energia elétrica. A taxa também varia de acordo com o tamanho do estabelecimento.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.