CIDADANIA

Promoção turística do RN é a melhor da América Latina e fica no top 3 do mundo para público LGBTQIA+

Praia de Pipa, no litoral do RN I Foto: Emprotur

O trabalho de promoção turística do Rio Grande do Norte foi premiado como a melhor da América Ltina pelo Prêmio Viaja Bi!, pioneiro no mercado do segmento LGBTQIA+, deixando pra trás países como Argentina e Colômbia, além alguns bem conhecidos do Brasil, como Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Bahia e São Paulo. A divulgação do estado também foi considerada a terceira melhor no mundo, ficando ao lado de destinos já consolidados, como Espanha e Estados Unidos.

A premiação é considerada uma espécie de bússola para quem vai planejar suas viagens em 2023, projetando os destinos mais citados para a comunidade LGBTQIA+ mundial para o ano.

O Estado do Rio Grande do Norte trabalha para oferecer ao turista LGBTQIA+ segurança e acolhimento, fatores fundamentais na tomada de decisão dos viajantes desse segmento na hora de escolher o destino de férias. E claro, experiências exclusivas dedicadas para esse público, que se esbalda em 400 km de litoral em um destino absolutamente instagramável”, ressalta o diretor-presidente da Emprotur, Bruno Reis.

Desde 2020 que as ações promocionais e de divulgação para o segmento estão sendo realizadas com parceiros como o Preserve Pipa e o Pipa Convention.

Não por acaso a capital do Estado, Natal, porta de entrada dos turistas, ocupa a terceira posição no último ranking da Decolar, entre os destinos nacionais mais buscados para as férias de verão de 2023. Deixamos pra trás destinos tradicionalmente conhecidos como Gramado, no Rio Grande do Sul, e Foz do Iguaçu, no Paraná”, acrescenta Reis.

Vida noturna em Pipa é movimentada por barzinhos e restaurantes I Foto: Canindé Soares
Vida noturna em Pipa é movimentada por barzinhos e restaurantes I Foto: Canindé Soares

Outra coisa que explica esse bom desempenho na divulgação do RN como destino turístico para esse público é a presença em diversos eventos – nacionais e internacionais – voltados para o segmento. Em 2022, o estado tornou-se membro da Associação Internacional de Turismo LGBTQIA + (IGLTA), participando da convenção global, em Milão.

Desde a criação da Coordenadoria da Diversidade Sexual e de Gênero (CODIS) no Governo do RN foi possível articular e implementar diversas políticas públicas de promoção e defesa da cidadania LGBTI+. Esse trabalho Intersetorial contribui no avanço do desenvolvimento econômico aliado ao social, refletindo como o turismo poderá contribuir nas políticas de trabalho e geração de renda, assim como, no desenvolvimento local e territorial junto a população LGBTI+ do RN”, avalia Janaína de Lima, Coordenadora da Diversidade Sexual e de Gênero (CODIS).

Neste ano de 2023 estão sendo publicados os resultados da segunda edição do Viaja Bi!, que foi criado em 2020, mas estava suspenso nos últimos anos por causa da pandemia da covid-19. A proposta é, com base nas tendências indicadas por especialistas em turismo e viajantes experientes e frequentes, expor a opinião destas pessoas com mais conhecimento e um olhar específico sobre as tendências no turismo LGBTQIA+.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo