CIDADANIA

UFRN fará inventário turístico de Tibau do Sul

Por Ana Paula Nóbrega, da Agecom/UFRN

Estudantes da Faculdade de Engenharias, Letras e Ciências Sociais do Seridó (Felcs/UFRN) realizam levantamento de áreas turísticas no município de Tibau do Sul, litoral do RN, entre os dias 23 e 30 de janeiro. A atividade é realizada pelo programa de extensão Qualistur – Turismo, qualificação profissional e desenvolvimento regional do Seridó Potiguar, em parceria com pesquisadores do Laboratório de Pesquisas e Estudos Turísticos (Lapet), do curso de Turismo da Felcs.

O projeto busca identificar e catalogar os atrativos naturais e socioculturais, a infraestrutura básica e urbana, além de garantir apoio às atividades turísticas e aos serviços comerciais e turísticos especializados do município.

A ação acontece em parceria com a Secretaria de Turismo de Tibau do Sul e com o Programa Desenvolvimento Local (DEL Turismo) do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

O professor da Felcs e coordenador do projeto de extensão, Marcelo Taveira, explica que, durante a ação, os pesquisadores poderão formatar novos produtos turísticos, a fim de atrair e direcionar investimentos que considerem o desenvolvimento local, a sustentabilidade ambiental, a inclusão social e a promoção do bem-estar de moradores e visitantes.

“Conhecer detalhadamente a oferta turística é o primeiro passo para a promoção profissional e qualificada do turismo municipal”, complementa.

Taveira conta que a ideia surgiu após o convite do Senac à Prefeitura de Tibau do Sul para realizar a inventariação da oferta turística do município. O docente ainda explica que, finalizada a coleta de informações no local, a equipe do Lapet irá analisar os dados coletados e iniciará a redação e a formatação do documento técnico com os gestores municipais de turismo de Tibau Sul e o Senac.

“Os resultados serão apresentados no Conselho Municipal de Turismo de Tibau do Sul e nas demais instâncias de governança turística. O inventário turístico será entregue no formato impresso e digital aos gestores públicos, trade turístico e Senac, e será disponibilizado no Repositório Institucional da UFRN”, pontua o professor.

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo