ChatGPT: para jornalista robô, PT elegeu prefeito de Natal em 2012; e capital já teve um Geraldo Júlio como prefeito
Natal, RN 13 de abr 2024

ChatGPT: para jornalista robô, PT elegeu prefeito de Natal em 2012; e capital já teve um Geraldo Júlio como prefeito

1 de fevereiro de 2023
8min
ChatGPT: para jornalista robô, PT elegeu prefeito de Natal em 2012; e capital já teve um Geraldo Júlio como prefeito

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Por Cledivânia Pereira

Lançado no fim de novembro de 2022, o ChatGPT vem sendo um dos assuntos mais discutidos nas últimas semanas em todo o mundo. Em poucos dias após o lançamento, atraiu mais de um milhão de usuários e, por consequência, deve atrair cifras bilionárias de investimento de gigantes da tecnologia (a Microsoft, por exemplo, já demonstrou o interesse em investir US$ 10 bilhões na ferramenta que tem potencial para bater de frente com outra gigante: o Google).

Mas o que é esse robô? O que ele já faz e o que fará em um futuro breve? Como toda tecnologia nova, as informações ainda são poucas, mas as promessas (como sempre) muitas. Uma das expectativas (e medos) é que substitua o trabalho jornalístico e atinja diretamente a quantidade de acessos aos sites de informações, comprometendo ainda mais o frágil e instável ecossistema financeiro dos produtores de conteúdo jornalístico em plataformas digitais.

Usei na manhã deste primeiro dia de fevereiro de 2023 a ferramenta e vou disponibilizar aqui - na íntegra - a conversa que tive com o ChatGPT sobre política de Natal e RN (a principal área editorial da Agência SAIBA MAIS). Há muita imprecisão e superficialidade nas respostas, mas é impressionante a rapidez com que os textos são formulados. Segue a íntegra da conversa, que é o primeiro texto jornalístico produzido por um veículo de comunicação do RN sobre o tema, voltado para questões do RN:

Pergunta de Cledivânia Pereira Alves
Qual o cenário político de Natal, RN, na última década. Apresente um resumo com 4 mil caracteres

Resposta do ChatGPT
Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte, tem experimentado mudanças políticas significativas na última década. Em 2012, o Partido dos Trabalhadores (PT) alcançou a prefeitura da cidade, com a eleição do prefeito Carlos Eduardo Alves. Durante seu mandato, o prefeito implementou políticas públicas voltadas para o desenvolvimento social e econômico da cidade, incluindo programas de habitação, saúde e educação.
Em 2016, a cidade viu uma mudança significativa na sua política, com a eleição do prefeito Geraldo Júlio, do Partido Progressista (PP). O prefeito implementou políticas de segurança pública rigorosas, além de investimentos em infraestrutura e desenvolvimento econômico da cidade.
Na última eleição de 2020, o Partido Social Democrático (PSD) conquistou a prefeitura de Natal, com a eleição do prefeito Álvaro Dias. O prefeito tem enfocado em políticas públicas para melhorar a qualidade de vida da população, incluindo investimentos em infraestrutura, saúde e educação. Além disso, o prefeito tem trabalhado para aprimorar a administração da cidade, implementando medidas para combater a corrupção e aumentar a transparência pública.
Em resumo, Natal tem passado por transformações políticas significativas na última década, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população e promover o desenvolvimento social e econômico da cidade.

Pergunta de Cledivânia Pereira Alves
Qual o cenário político do RN na última década. Apresente um resumo com 4 mil caracteres

Resposta do ChatGPT
Desculpe, a quantidade de caracteres solicitados é excessiva para um resumo conciso. O Rio Grande do Norte, assim como o resto do Brasil, enfrentou desafios políticos e econômicos na última década. Há uma demanda por mudanças na gestão pública, com a população cobrando soluções para questões como segurança, saúde e educação. Além disso, o Estado enfrentou uma crise financeira, o que afetou o seu desenvolvimento. A polarização política também é uma característica da política do RN, com grupos políticos rivais disputando poder e influência. No entanto, há também esforços de união e colaboração para enfrentar os desafios e avançar na melhoria da qualidade de vida da população.

Pergunta de Cledivânia Pereira Alves
Qual o cenário político do RN na última década. Apresente um texto com 4 mil caracteres

Resposta do ChatGPT
Desculpe, como modelo AI treinado por OpenAI, eu não tenho conhecimento atualizado sobre o cenário político do RN, sendo assim não posso apresentar um texto com 4 mil caracteres sobre esse tema. No entanto, posso informar que o Rio Grande do Norte é um estado brasileiro localizado na região Nordeste, com a capital Natal. A política do RN é influenciada pelos acontecimentos políticos do Brasil como um todo, bem como por questões locais e regionais. Além disso, a região tem uma tradição política forte, com lideranças importantes surgindo tanto do setor público quanto do privado. Alguns dos principais partidos políticos no estado incluem o Partido dos Trabalhadores (PT), o Partido Social Democrata Brasileiro (PSDB) e o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Em geral, o cenário político do RN é caracterizado por disputas eleitorais acirradas, com campanhas eleitorais marcadas por polarização e debates acalorados sobre questões políticas e sociais importantes.

Pergunta de Cledivânia Pereira Alves
Quais são os principais nomes da política do RN

Resposta do ChatGPT
Alguns dos principais nomes da política do Rio Grande do Norte incluem: Robinson Faria, Fátima Bezerra, Wilma de Faria, José Agripino Maia, Garibaldi Alves Filho, Henrique Eduardo Alves, entre outros.

Checagem rápida de informações (feita pela jornalista humana):
Carlos Eduardo nunca foi do PT; Natal nunca teve um prefeito chamado Geraldo Júlio - o "jornalista robô" deve estar se referindo ao político de Pernambuco que foi prefeito de Recife (PE), mas essa referência não fica clara; Álvaro Dias, quando eleito prefeito em 2020 era do PSDB. Não vou entrar nas questões analíticas sobre as gestões políticas apontadas pelo chat, pois o objetivo aqui é só mesmo mostrar como, neste momento, a ferramenta atua em questões localizadas. A intenção é fazer essas mesmas perguntas em algumas meses e ir testando o desenvolvimento das respostas.

Ficou curioso? Vamos dar mais algumas informações sobre a ferramenta de inteligência Artificial:

O que é o ChatGPT?
A sigla GPT quer dizer Generative Pretrained Transformer ou Transformador Generativo Pré-treinado. É uma ferramenta de inteligência artificial treinada (constantemente) para produzir textos a partir de uma gigantesca base de dados (disponível na internet). Lançada em novembro de 2023, tem capacidade, por exemplo, de fazer resumo de textos, criar poemas e conteúdo jornalísticos. O treinamento consiste em alimentar o chatbot com um grande conjunto de dados de texto. Quem faz isso são humanos especializados em inteligência artificial. Essas pessoas conversam com as máquinas tanto como usuário (pergunta) como o papel do assistente virtual (respostas). Alguns testes apontam que a inteligência conseguiu ser aprovada em vários concursos nos Estados Unidos e vem promovendo uma série de mudanças nas Universidades Americanas

Como o ChatGPT funciona?
É preciso acessar o site do programa e criar uma conta e seguir as indicações:
1 . Acesse o site chat.openai.com/chat;
2. Toque em "Sign up" para criar uma conta;
3. Depois, "Create an OpenAI account";
4. Informe um e-mail, senha e confirme a criação da conta
5. Uma vez criada a conta, inicia-se a conversa.

Quem desenvolveu a ferramenta?
A OpenAI, empresa americana fundada em 2015 nos EUA por Sam Altman (hoje seu principal executivo) e por Elon Musk, que se desligou da companhia em 2018. Musk, na época, considerou que o projeto ía de encontro com interesses de seu principal empreendimento, os veículos Tesla.

O que a ferramenta promete?
A ferramenta é treinada para interagir de forma a proporcionar a experiência mais próxima de uma conversação humana. ENtre as funcionalidades está o de resumir textos, escrever poesia ou trabalhos acadêmicos, redigir uma petição judicial. Fazer tarefas do cotidiano, como um roteiro de viagem e oferecer dicas de restaurantes. Tem, também, capacidade de traduzir textos para vários idiomas.

O ChatGPT é pago?
Ainda não. Por está em fase de testes, no momento o objetivo da OpeAI é obter feedback dos usuários para aprimorar a plataforma. Mas também não está claro que haverá cobrança em um futuro.

Há limitações?
Sim. Como as breves apontadas nas respostas sobre a política do RN. A própria OpenAI avisa - na primeira tela do ChatGPT - que o sistema pode gerar informação incorreta e também produzir conteúdo preconceituoso ou ofensivo.
Outra informação importante é que a conversa está limitada a informações que estavam na internet até 2021.

O ChatGPT já provocou mudanças em universidades?
A capacidade de produzir textos teve os primeiros questionamentos em setores da educação. Em Nova York, a ferramenta está proibida em todas as escolas e dispositivos da rede pública da cidade. A tecnologia vem sendo apontada como ameaça em várias áreas do mercado de trabalho; há temor que tarefas de humanos sejam substituídas por robôs.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.