Deputados federais do RN tomam posse com 50% de renovação
Natal, RN 20 de jun 2024

Deputados federais do RN tomam posse com 50% de renovação

1 de fevereiro de 2023
2min
Deputados federais do RN tomam posse com 50% de renovação

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Os oito deputados federais eleitos pelo Rio Grande do Norte foram empossados nesta quarta-feira (1º). 

Segundo a Câmara, dos 513 deputados eleitos, 202 assumem o mandato pela primeira vez. No RN, a renovação atinge metade da bancada. Os novatos são Robinson Faria (PL), Fernando Mineiro (PT), Paulinho Freire (UNIÃO) e Sargento Gonçalves (UNIÃO).

Já Natália Bonavides (PT), João Maia (PL), Benes Leocádio (UNIÃO) e General Girão (PL) foram os reeleitos.

A sessão de posse iniciou por volta das 10h15 e seguiu até as 12h. No rito, cada parlamentar fez um juramento, em que disseram: 

“Prometo manter, defender e cumprir a Constituição, observar as leis, promover o bem geral do povo brasileiro e sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil”.

O próximo compromisso dos deputados acontece ainda no mesmo dia, com a eleição da Mesa Diretora da Câmara, que está prevista para às 16h30.

Os candidatos são Arthur Lira (PP-AL), Chico Alencar (PSOL-RJ) e Marcel Van Hatten (Novo-RS), mas Lira já é dado como o vencedor da disputa. Alencar e Van Hatten buscam marcar posição.

Um dos novatos, Mineiro chega à Brasília depois de uma carreira como vereador de Natal, deputado estadual e secretário do Estado. Com mais de 83 mil votos, ele conquistou a segunda cadeira do PT-RN na Câmara.

Em 2018, o parlamentar já havia sido eleito, mas perdeu o mandato por uma manobra jurídica que favoreceu Beto Rosado (PP), que não se reelegeu no ano passado. 

“A porta do nosso gabinete está sempre aberta para dialogar com os diversos setores da sociedade e para levar à Câmara dos Deputados os interesses do RN, trabalhando na luta pela igualdade ao lado dos movimentos sociais”, declarou.

Em dezembro, na diplomação, Mineiro ainda disse que “a Justiça tarda, mas não falha”. 

Pela direita, Gonçalves chega como o “azarão” após uma dobradinha com o policial militar reformado Wendel Lagartixa, impedido de assumir como deputado estadual por ter um crime hediondo na ficha. Faria sucede o filho, Fábio, ex-ministro de Jair Bolsonaro que decidiu não concorrer na última eleição. Já Freire foi eleito enquanto presidia a Câmara Municipal de Natal e contou com o apoio do prefeito Álvaro Dias.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.