Em Touros-RN, mulher defende mãe e filhos de agressor em hotel, que prefere não se pronunciar
Natal, RN 24 de abr 2024

Em Touros-RN, mulher defende mãe e filhos de agressor em hotel, que prefere não se pronunciar

22 de fevereiro de 2023
2min
Em Touros-RN, mulher defende mãe e filhos de agressor em hotel, que prefere não se pronunciar

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Vídeo gravado no hotel Vila Galé Touros, no litoral Norte potiguar, expõe um homem agredindo verbalmente a esposa na presença de dois filhos. Ela segura a menina no colo e o garoto fica de pé em uma cadeira enquanto choram desesperados e pedem que ele pare. As imagens gravadas mostram que uma hóspede interfere na discussão apoiada pelo marido e por outras pessoas que se aproximam em seguida.

A vítima e as crianças pedem apenas que o homem pare. Identificado nas redes sociais como Galindo Leite, ele continua xingando até que um casal que assistia à cena toma parte.
“Aqui vai ficar todo mundo em defesa dela e das crianças. Se você que é homem quer gritar, vamos agora todo mundo aqui gritar com você. Você quer palco? Aqui as mulheres vão defender ela e as crianças. Você agrediu ela e as crianças”, avisa a mulher.

O caso aconteceu no domingo (19), durante o Carnaval. O hotel prefere não se pronunciar. Nesta quarta-feira (22), a Agência Saiba Mais questionou o estabelecimento sobre medidas adotadas ou suposto apoio à vítima, mas o atendente disse não ter conhecimento do fato que teve ampla repercussão.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima registrou Boletim de Ocorrência em que relata também agressão física, mas não quis levar o caso adiante criminalmente. Ela tem seis meses após o exame de corpo delito para exercer tal direito.

Confira vídeo:

Ainda no domingo, ela compareceu à Delegacia Municipal de Touros por volta das 17h para a denúncia. No quarto do hotel, que tem diária em torno de mil reais, o marido embriagado e descontrolado gritava e xingava a vítima de "imbecil, filha da puta" quando a empurrou para cima da cama.

A esposa saiu do quarto com as crianças para o restaurante do Vila Galé, mas ele a seguiu e continuou xingando.

O relato completa que, em seguida, o homem subiu para o quarto, pegou uma mala, deixou o hotel e não manteve mais contato com a esposa, que tomou conhecimento que ele teria retornado para Recife/PE, onde residem juntos.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.