Mais de 800 crianças não conseguiram vagas em creches em Natal em 2022
Natal, RN 17 de jul 2024

Mais de 800 crianças não conseguiram vagas em creches em Natal em 2022

5 de março de 2023
3min
Mais de 800 crianças não conseguiram vagas em creches em Natal em 2022

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Por Luan Conceição  

A fase da primeira infância é, sem dúvidas, a mais importante na formação de caráter e personalidade dos seres humanos. Segundo o Núcleo Ciência Pela Infância, é nessa época que “a aprendizagem de habilidades e o desenvolvimento de aptidões e competências acontecem com maior facilidade”.

A secretaria Municipal de Educação explica que é feito anualmente um sorteio para as vagas ofertadas em creches. Em 2022, cerca de 92% da demanda que procurou as vagas conseguiu matricular as crianças. Porém, o percentual restante, que é de 8%, representa 836 crianças pequenas não matriculadas. Para as famílias, resta buscar uma creche particular.

Este ano, o sorteio da etapa de creche (Berçário I e II e Níveis I e II)  acontecerá no dia 10 de março, por meio do sistema de matrícula online,  e terá 3.593 vagas ofertadas.

Infância

A educação nesta fase da infância também é desafiadora, pois demanda tempo integral de atenção aos estímulos que a criança recebe do ambiente. Para isso, muitos mães acabam abandonando parte da sua própria vida em prol de prestar mais atenção nos pequenos. Elas deixam os seus empregos ou parte do seu lazer de lado, por não encontrarem outra solução.

Edna Patrícia é mãe de uma criança que está na primeira infância. A criança está matriculada em uma creche da rede municipal de educação de Natal. Segundo ela, a creche é essencial para auxiliar neste momento e para que ela não precise deixar as suas atividades pessoais de lado:

“Auxilia 70%, porque o horário que meu filho frequenta a creche é à tarde, e minha rotina à tarde é só a minha academia. Então eu não dependo de ninguém pra ter que deixar, ou ter que levá-lo junto comigo.”

Desta forma, os pais, e em especial as mães, garantem que a criança se desenvolva melhor e os pais tenham o seu momento pessoal ao longo do dia. Ela ainda comenta sobre as expectativas com o crescimento da criança na creche:

“Eu acho importante, porque quando ele for começar a estudar na pré-escola, ele já vai estar mais desenvolvido em questão de saber os número as a vogais, já vai saber escrever o primeiro e segundo nome dele, aprender a contar também”.

O relato revela a confiança dos responsáveis com as creches e o desenvolvimento dos filhos. Infelizmente, em Natal, não há vagas para todas as crianças pequenas em creches. Apesar de a grande maior parte conseguir adentrar nas instituições, uma pequena parcela acaba ficando de fora.

Acontece que, a Lei de Diretrizes e Bases de Educação (LDB), define que na educação infantil, a oferta de vagas pela gestão e a matrícula das crianças pelos pais, só é obrigatória a na fase da pré-escola. Portanto, a etapa da creche não é obrigatória.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.