“Ninguém faz omelete sem quebrar os ovos”, diz prefeito de Natal sobre caos em trânsito na Zona Norte
Natal, RN 13 de abr 2024

“Ninguém faz omelete sem quebrar os ovos”, diz prefeito de Natal sobre caos em trânsito na Zona Norte

30 de março de 2023
5min
“Ninguém faz omelete sem quebrar os ovos”, diz prefeito de Natal sobre caos em trânsito na Zona Norte

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Em entrevista ao RNTV 1ª Edição desta quinta (30), jornal do meio dia da afiliada Globo em Natal (RN), o prefeito da capital, Álvaro Dias (Republicanos), mostrou indiferença às reclamações generalizadas da população em relação ao caótico trânsito nas proximidades da Ponte de Igapó, Zona Norte da cidade.

Álvaro Dias I Foto: Joana Lima

São problemas esperados. Ninguém faz omelete sem quebrar os ovos. Pra gente fazer uma obra importante, como a da Felizardo Moura, que é uma obra aguardada, esperada, sonhada há mais de 40 anos pelo município de Natal, é preciso causar contratempos, que existam dificuldades porque é inerente a toda obra que se faz”, afirmou Dias ao ser questionado por um repórter da emissora durante o evento de assinatura da ordem de serviço para o início da construção do Hospital Municipal de Natal, nesta quarta (29).

Desde setembro do ano passado a Ponte de Igapó está parcialmente interditada para obras de reestruturação, que também preveem a drenagem, pavimentação, construção de calçadas, ciclovia e a implantação de faixa reversível na avenida Felizardo Moura, onde desembocam os veículos que passam pela Ponte.

Os motoristas que passam pelo local, que já enfrentavam engarrafamentos em horários de pico, tiveram o problema agravado desde o início do serviço. Nesta quarta, passageiros deixaram o transporte coletivo para completar o trajeto a pé, por causa da demora.

Confira a fala do prefeito de Natal, Álvaro Dias:

MUDANÇAS

Desde esta quarta, quarta-feira (29), o lado direito da avenida Felizardo Moura, sentido Zona Norte/ Centro, foi liberado para o tráfego de veículos para que a empresa responsável pela execução dos serviços trabalhe no sentido Centro/Zona Norte.

Também está prevista a interdição da rotatória embaixo do viaduto da Urbana, para a construção do túnel. Já na avenida Dr. Mário Negócio, foi sinalizada uma rotatória para otimizar o tráfego de veículos na região.

A recomendação da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) é que quem puder, evite o local e busque vias alternativas como a ponte Newton Navarro e o acesso sul do Aeroporto Internacional Aluízio Alves.

MUDANÇA NAS LINHAS DE ÔNIBUS

As linhas de ônibus que ligam a Zona Norte ao Alecrim, Cidade Alta e Ribeira não sofrerão alterações em seus itinerários, assim como as linhas que ligam a Zona Norte à Zona Sul, via Av. Nevaldo Rocha (antiga Bernardo Vieira).

Já na linha N-08 (Redinha/Mirassol, via Rodoviária) haverá desvios a partir da região da Urbana, no sentido Zona Sul, onde passa a subir o Viaduto da Urbana e seguir pela Av. Nevaldo Rocha, entrando na Rua Dr. Manoel Miranda (Av. 11), seguindo pela Rua Aristófanes Fernandes e Av. Industrial João Francisco da Mota, até chegar ao KM-06 para retornar ao itinerário normal.

No sentido Redinha, a linha N-08 passa a desviar a partir da Av. Industrial João Francisco da Mota, entrando na Rua Aristófanes Fernandes, Rua Dr. Manoel Miranda (Av. 11), Rua da Concórdia, Rua dos Paiatis (Av. 12), Av. Nevaldo Rocha, Viaduto da Urbana, Rua Dr. Mário Negócio e acessa a Av. Felizardo Moura, retornando ao itinerário normal.

Também sofrerá desvios a linha N-25 (Redinha/Bairro Nordeste, via Alecrim), que começa a mudar no sentido Bairro Nordeste, a partir da Rua Pres. Leão Veloso (Av. 05), onde entra na Rua dos Paiatis (Av. 12), Rua da Concórdia, Rua Dr. Manoel Miranda (Av. 11), Rua Aristófanes Fernandes, Av. Industrial João Francisco da Mota e chega a Rua Luiz XV, onde segue o itinerário normal.

Já no sentido Redinha, a linha N-25 muda ainda dentro do Bairro Nordeste, vindo na Rua Tomé de Souza e entrando na Rua Getúlio Vargas, Rua Luiz XV, Av. Industrial João Francisco da Mota, Rua Aristófanes Fernandes, Rua Dr. Manoel Miranda (Av. 11), Rua da Concórdia, Rua dos Paiatis (Av. 12), Rua Pres. Leão Veloso (Av. 05) e retorna ao itinerário normal.

Os desvios vão durar enquanto durarem as obras. Em caso de dúvidas, os usuários podem ligar para o Alô STTU, no telefone 156. Pela estimativa da Prefeitura de Natal, cerca de 75 mil veículos atravessam a Ponte diariamente, além das 45 linhas do transporte coletivo responsáveis por cerca de 45% dos passageiros que utilizam o sistema público de transporte em Natal e região metropolitana.

Durante o período de execução da obra, é permitido, somente, o tráfego do transporte público, além dos serviços de urgência, quem tem autorização especial da STTU e serviços públicos.

Saiba +

Trabalhadores desistem de esperar em congestionamento e atravessam Ponte de Igapó a pé em Natal

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.