Petrobrás volta a fornecer gás natural ao RN; contrato com a Potigás é de oito anos
Natal, RN 20 de jul 2024

Petrobrás volta a fornecer gás natural ao RN; contrato com a Potigás é de oito anos

1 de março de 2023
3min
Petrobrás volta a fornecer gás natural ao RN; contrato com a Potigás é de oito anos

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Petrobrás voltou a fornecer gás natural ao Rio Grande do Norte nesta quarta-feira (1º). Após mais de um ano sem abastecer a Companhia Potiguar de Gás (Potigás) – que tem exclusividade na distribuição desse combustível no estado – a parceria foi retomada em contrato de oito anos.

A estatal, que é a maior produtora de gás natural do Brasil, passa a fornecer 40 mil metros cúbicos de combustível por dia ao estado. O volume subirá para 100 mil metros cúbicos diários em janeiro de 2024.

A Petrobrás havia abandonado o fornecimento de gás para as distribuidoras do Nordeste, tendo optado por não participar da Chamada Pública realizada pela Potigás em 2021. O cenário foi revertido a partir de tratativas entre a presidência da Companhia e a Petrobras, garantindo segurança no suprimento de gás para o Rio Grande do Norte através de um parceiro tão estratégico.

Para a diretora-presidente da Potigás, Marina Melo, a notícia é de extrema importância: “Iisso significa segurança no fornecimento de gás, tranquilidade no abastecimento do nosso mercado, garantia de que podemos seguir aumentando nossa rede e mantendo nossas tarifas”.

Preço mais baixo

Em fevereiro de 2022, o Rio Grande do Norte conseguiu baixar em 10% o preço do gás natural canalizado, na contramão da alta nacional.

O reajuste foi aprovado pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos (Arsep/RN) e havia incorporado o novo contrato assinado entre a Potigás e a Potiguar E&P, do grupo Petrorecôncavo, que comprou ativos da Petrobras no estado e venceu a chamada pública de 2021.

Contrato de 2021 foi insuficiente

Em 2021, o fornecimento total do estado não pôde ser atendido plenamente pelo contrato com a Potiguar E&P e a Potigás fechou a compra de mais 35 mil m³/dia adicionais com a Galp, uma petroleira portuguesa que registra a 3ª maior produção de gás no pré-sal brasileiro.

A distribuidora atribui a necessidade de contratação incremental à redução da tarifa de gás e consequente aumento da demanda.

Novos contratos da Petrobras para fornecimento de gás

A parceria com a Potigás faz parte da nova política adotada pela Petrobras, com o presidente potiguar Jean Paul Prates. A empresa vinha trabalhando com maioria de contratos de curto e médio prazos e, em 2023, passou a apostar em acordos mais longevos com as concessionárias.

Recentemente, a Petrobrás fechou contratos até 2032 com Gasmig (MG), Compagas (PR) e Sulgás (RS). E ainda com a Cegás (CE), ES Gás (ES), SCGás (SC), dentro do arranjo das negociações para encerrar as disputas judiciais com as três distribuidoras.

Os novos fornecedores de gás natural ampliaram em cerca de 85% os volumes firmes contratados com as distribuidoras de gás canalizado para 2023, em relação aos patamares que estavam sob contrato ao fim de 2022.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.