CIDADANIA

Prefeitura de Natal penaliza moradores de Cidade Satélite sem coleta de lixo há 11 dias

A cada dia, mais lixo e mau cheiro tomam conta de setores de Natal. Há mais de uma semana, desde que começaram os atentados criminosos no Rio Grande do Norte, não é feita a coleta em áreas residenciais. A Prefeituras diz que o serviço foi retomado parcialmente, mas o resultado ainda não é percebido por todos.

De acordo com moradores, na Cidade Satélite, a última coleta foi feita, no sábado, 11 de março. Nesta quarta-feira (22), a situação de ruas e avenidas na maior parte do bairro é insalubre.

“As calçadas estão completamente tomadas por montanhas de lixo que impedem os pedestres de transitarem. Quando andamos por outros bairros de Natal como Tirol, Petrópolis ou Ponta Negra, percebemos que o nosso bairro foi esquecido pelo poder público municipal.”, reclama o jornalista Leonardo Gamberoni.

“Eu percebi que há muitos dias não passa coleta na minha rua. Uma vizinha confirmou que desde o dia 11 o serviço foi interrompido e continua acumulando lixo nas calçadas”, contou a socióloga Andrezza Medeiros.

Segundo a Companhia de Serviços Urbanos de Natal – Urbana, a coleta noturna foi ampliada na terça-feira (21), com escolta da Guarda Municipal de Natal, e isso incluiu a Cidade Satélite. Entretanto, a assessoria de imprensa informou que isso não significa que todo o resíduo foi recolhido, pela grande quantidade acumulada durante o período de insegurança pública.

A Urbana comunicou que o também foram contemplados os bairros de Nova Descoberta, Neópolis, conjunto Pirangi, Pitimbu, Alecrim, Cidade Alta, Ribeira, Tirol, Petrópolis, Cidade da Esperança, Soledade, Santarém e Pajuçara.

Também informou que está seguindo, desde a manhã desta quarta, os dias de cronograma já conhecidos pela população, com 100% da frota na rua. “Hoje são os bairros que antes dos ataques já havia coleta na segunda, quarta e sexta. Amanhã, os bairros que coletamos terça, quinta e sábado.”

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Previous ArticleNext Article
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais