RN tem dia especial de vacinação contra a febre amarela neste sábado (4) com funcionamento de UBS’s e pontos extras
Natal, RN 17 de jul 2024

RN tem dia especial de vacinação contra a febre amarela neste sábado (4) com funcionamento de UBS’s e pontos extras

4 de março de 2023
4min
RN tem dia especial de vacinação contra a febre amarela neste sábado (4) com funcionamento de UBS’s e pontos extras

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Neste sábado (4), as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) dos cinco distritos sanitários da capital, além dos pontos extras de vacinação estarão abertos pra reforçar a imunização das pessoas contra a febre amarela. A recomendação da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) é que todos os municípios do Rio Grande do Norte abram seus pontos de vacinação hoje para facilitar o acesso da população e ampliar a cobertura vacinal.

Nas últimas décadas foi observada uma expansão da circulação do vírus da febre amarela no Brasil, o que levou o Ministério da Saúde a intensificar a vacinação desde 2020 em todo o país.  A febre amarela é transmitida pela picada dos mosquitos infectados. No Brasil, o principal mosquito vetor da febre amarela silvestre é o Haemagogus. Na forma urbana da doença, o Aedes Aegypti, que também transmite zika, dengue e chikungunya, pode ser o transmissor.

Os sintomas iniciais da doença incluem febre de início súbito, calafrios, dor de cabeça, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza. Em casos graves, a pessoa pode desenvolver febre alta, icterícia, hemorragia e, eventualmente, choque e insuficiência de múltiplos órgãos.

Vacinação em Natal

As UBS's estão abertas neste sábado das 8h às 12h. Já os pontos extras do Shoppings Via Direta, Midway Mall e Partage Norte Shopping estarão funcionando das 14h às 20h. Além de um ponto extra de vacinação no Parque das Dunas, que funcionará somente neste mês de março, de segunda-feira a sábado, das 9h às 16h.

Além da vacina contra a febre amarela, também estarão disponíveis as vacinas contra a Covid-19, Varicela (catapora), Tríplice Viral (sarampo, caxumba, rubéola), VOP/VIP (Poliomielite), HPV, ACWY (meningites), Meningo C (meningite), Pentavalente (pneumonias), Hepatite A e pneumocócica (pneumonias, meningites, sinusites e otites), Hepatite B, Antitetânica, Tríplice Bacteriana (DTP) e Influenza.

Quem pode se vacinar?

As crianças com 9 meses de idade podem tomar a primeira dose. Os menores de cinco anos devem receber uma dose de reforço, e a população de 5 a 59 anos precisa receber apenas uma dose da vacina.

A vacina foi implantada no Rio Grande do Norte desde abril de 2022 e está disponível para toda a população de 9 meses a 59 anos de idade, exceto para pessoas em condições de imunização especial.

Sagui encontrado morto

Em 2023, até 17 de fevereiro, 13 amostras de animais foram encaminhados para o Laboratório Central (LACEN/RN) provenientes de quatro municípios. Seis mortes suspeitas foram descartadas, uma ficou inconclusa (amostra sem condições de análise laboratorial), cinco estavam aguardando resultado laboratorial e uma foi confirmada, em Natal.

Em 2022, foram enviadas para o diagnóstico laboratorial da febre amarela um total de 50 amostras de Primatas Não Humanos (PNH), macacos, provenientes de nove municípios, sendo: 45 descartadas para febre amarela, quatro inconclusivos e uma confirmada, do município de Espírito Santo.

O Rio Grande do Norte não tem casos confirmados de febre amarela em humanos desde 1925. O sagui, assim como outros primatas (macacos), não transmite a doença, mas a presença desses animais, mortos ou doentes, é um sinal de que está ocorrendo uma circulação do vírus naquela localidade. Quem de fato transmite a febre amarela para o homem é o mosquito infectado.

Como é feita a vacina?

A vacina é elaborada a partir de vírus vivo atenuado, que estimula a produção de anticorpos contra a doença. Antes da implementação da vacina o estado do RN contava com apenas 9% da população vacinada, atualmente a cobertura vacinal do estado se encontra em torno de 22%.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.