Robério Paulino desmente boatos sobre renúncia, mas anuncia afastamento de 30 dias para cuidar da saúde
Natal, RN 13 de abr 2024

Robério Paulino desmente boatos sobre renúncia, mas anuncia afastamento de 30 dias para cuidar da saúde

14 de março de 2023
2min
Robério Paulino desmente boatos sobre renúncia, mas anuncia afastamento de 30 dias para cuidar da saúde

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O vereador de Natal Robério Paulino (PSOL) desmentiu nesta terça-feira (14) boatos sobre uma possível renúncia ao mandato parlamentar na Câmara Municipal. Ele credita a informação falsa a uma colega de partido, que confundiu uma licença médica que pretende tirar nos próximos dias para cuidar da saúde à desistência em definitivo do cargo.

Robério é o único parlamentar eleito pelo PSOL em Natal e assumiu em março a presidência de uma das principais comissões permanentes da Casa, a de Educação, Cultura, Ciência, Tecnologia e Inovação. O mandato dele também esta à frente de uma das principais agendas ambientais de Natal em 2023, a organização da Conferência Potiguar do Clima.

- Não existe nenhuma possibilidade de renúncia, isso não é verdade. Vou honrar até o fim o mandato que os eleitores de Natal me confiaram. Assumi agora a presidência da comissão de Educação e os professores estão com uma grande expectativa no nosso trabalho, disse.

O professor Robério admitiu, no entanto, que vai precisar tirar uma licença de 30 dias para cuidar da saúde. Recentemente, ele foi diagnosticado com estresse e orientado por um médico a se licenciar do trabalho por um período:

- Meu médico foi muito claro: ou você para ou vai parar no hospital. Tenho 65 anos, milito ha mais de 30 anos, tenho a bacia quebrada vitima de violência. Então vou precisar desse tempo, em razão de um estresse que pode levar à depressão. Então é apenas um afastamento, não tem nada de renúncia, frisou.

Juntas

O vereador eleito com 1.886 votos explicou que ainda não tem data para se licenciar. Assim que confirmar o afastamento, a pedagoga Camila Barbosa assume o mandato de forma interina como primeira suplente.

Ela se candidatou em 2020 numa chapa coletiva batizada de Juntas, que ainda conta com outras três mulheres: Leticia Correa, Aparecida Dantas e Ariane Idalino.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.