Segurança da Secretaria de Educação do RN aponta arma para rosto de estudante
Natal, RN 1 de mar 2024

Segurança da Secretaria de Educação do RN aponta arma para rosto de estudante

31 de março de 2023
3min
Segurança da Secretaria de Educação do RN aponta arma para rosto de estudante

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Estudantes secundaristas ocupam a Secretaria de Estado da Educação da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer do Rio Grande do Norte (Seec) desde as 14h30 desta sexta-feira (31) e foram recebidos com truculência pela segurança do prédio, localizado no Centro Administrativo de Natal.

Em imagens divulgadas pela União dos Estudantes Secundaristas Potiguares (Uesp) e Federação Nacional dos Estudantes em Ensino Técnico (Fenet), é possível ver um homem apontando arma de fogo na direção do rosto de um jovem.

A intenção dos estudantes é buscar diálogo com a secretária da pasta, a professora Socorro Batista. Os movimentos estudantis relataram que há mais de três meses protocolaram um ofício solicitando transporte para o Encontro Nacional de Estudantes do Ensino Técnico (Enet), que será realizado no Rio de Janeiro entre os dias 6 e 9 de abril. O evento é considerado importante para a organização das lutas em defesa da educação.

“Só vamos sair daqui com o ônibus resolvido”, contou a coordenadora-geral da Fenet, Adriane Nunes, ao reclamar da violência. “Nós tentamos subir ao gabinete, como sempre fizemos, para falar com a secretária, mas dois seguranças quiseram nos impedir. Nos empurraram e apontaram uma arma pra nós. Estamos aqui para reivindicar a participação nesse encontro, pois vai debater a luta em defesa da educação pública, reforma nas escolas, revogação do novo ensino médio e melhoria no orçamento dos Institutos Federais”.

De acordo com a estudante, após a ameaça, o grupo conseguiu entrar no gabinete, onde conversaram com representante do Gabinete Civil, mas não tiveram resposta e estão programados para dormir no local.

“Se negando a dialogar com os estudantes, a secretária deliberou que os seguranças barrassem a entrada das entidades no prédio e que fizessem o necessário para que não houvesse acesso ao gabinete até mesmo apontar ARMA na cabeça de menor de idade!”, publicou o DCE da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que está presente e apoiando os secundaristas. “É essa a política do governo do estado? Agredir os estudantes que estão querendo respostas?”.

A Seec não se pronunciou sobre o caso até a publicação desta matéria. A equipe da Agência Saiba Mais também procurou a assessoria de imprensa do Governo do RN, mas não obteve resposta.

Veja vídeo:

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.