1º de Maio em Natal terá ato unificado das centrais sindicais e shows musicais nas Rocas
Natal, RN 13 de jul 2024

1º de Maio em Natal terá ato unificado das centrais sindicais e shows musicais nas Rocas

26 de abril de 2023
3min
1º de Maio em Natal terá ato unificado das centrais sindicais e shows musicais nas Rocas

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Em mais um ano, Natal fará um ato unificado das centrais sindicais para comemorar o 1º de maio, dia do trabalhador. Para 2023, a manifestação muda de lugar e vai para as Rocas, zona Leste da capital. 

A programação inicia às 13h e encerra às 17h. O tema deste ano é "Emprego, Direitos, Renda e Democracia". A organização é da CUT, CTB, CSP-Conlutas, Intersindical e Pública.

Além das falas políticas, o palco contará com a presença de grupos de percussão, rap e samba das periferias de Natal.

Divanilton Pereira, presidente estadual da Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), ressalta a importância histórica do 1º de maio.  

“Ele está circunscrito numa grande conquista, numa grande epopeia do povo brasileiro que foi derrotar eleitoralmente o fascismo da extrema-direita de Jair Bolsonaro. Como nós compreendemos que Bolsonaro e o bolsonarismo são coisas distintas, essa luta continua, então é uma luta contra a extrema direita, o bolsonarismo e o fascismo, mas ao mesmo tempo os trabalhadores têm uma outra luta que o Primeiro de Maio simboliza: é a luta pela valorização do trabalho”, aponta.

“De Temer até hoje tivemos regressões nos direitos trabalhistas, sindicais, sociais que precisam ser recuperados, e o governo Lula com seu perfil democrático, que tem diálogos abertos, mas nem por isso isso significa que o movimento sindical e social brasileiro deva abster-se de lutar, de ocupar as ruas. Então o Primeiro de Maio nas Rocas tem esse simbolismo social, mas é também um recado que nós não devemos nos afastar das ruas para pressionar esse governo de fora para dentro de maneira que, além de nos receber, a nossa pauta pela valorização do trabalho possa se efetivar”, afirma.

Para Alexandre Guedes, da Central Sindical e Popular Conlutas (CSP-Conlutas), a data liga os interesses imediatos dos trabalhadores como salário, emprego, terra e a luta contra as opressões a um outro projeto de sociedade que seja socialista.

“A mudança para as Rocas tem uma importância. É um bairro tradicional, seus moradores são operários e trabalhadores dos mais variados setores. Lá se concentram boa parte dos setores explorados e oprimidos pelo capitalismo. Além de ser um bairro com uma cultura muito forte e esse 1° de Maio estará em sua programação com expressões culturais de nossa terra”, define.

No ano passado, o ato se iniciou na Praça das Flores, em Petrópolis, e seguiu em caminhada até a Praia do Meio. Agora, o evento nas Rocas acontecerá na rotatória da rua Pereira Simões (em frente à Esquina Prime), onde normalmente acontece o “Segunda de Vagabundo”, roda de samba tradicional do bairro.

Programação:

13h: Folia de Rua, Batucada Popular Mestre Zorro e Batucada de Mulheres do Gami

14h: Bateria da Em cima da Hora (a confirmar)

14h30: Pretta Soul 

15h às 17h: Samba do Povo com Mestre Zorro e convidados (Carlos Britto, Denise, Fabrício, Fernandinho, Carlos Zens

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.