Blitze da PRF no RN durante segundo turno tiveram aumento de 163% de policiais em hora extra
Natal, RN 15 de jun 2024

Blitze da PRF no RN durante segundo turno tiveram aumento de 163% de policiais em hora extra

17 de abril de 2023
3min
Blitze da PRF no RN durante segundo turno tiveram aumento de 163% de policiais em hora extra

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Rio Grande do Norte aumentou seu efetivo de agentes no segundo turno das eleições presidenciais de 2022, com um acréscimo de 163% de policiais que estavam de folga e receberam hora extra. A informação foi revelada pelo UOL com base em um documento interno obtido da corporação.

O segundo turno ficou marcado por uma série de blitze realizadas pela PRF em 30 de outubro. As abordagens no país foram feitas em 619 ônibus até as 17h daquele dia, sendo 295 (47,6% do total) na região Nordeste. 

As ações violaram a decisão do presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Alexandre de Moraes, que proibiu “qualquer operação da PRF relacionada ao transporte público, gratuito ou não, disponibilizado aos eleitores”. O então diretor-geral da PRF, Silvinei Vasques, virou alvo de investigação e foi aposentado voluntariamente pelo governo Bolsonaro em dezembro.

No RN, 23 ônibus foram parados pelas blitze. O Estado figurou na 10ª posição entre as unidades federativas com mais mais veículos abordados até as 17h do dia 30 de outubro. Além de ser a região mais afetada pelas paradas, o Nordeste teve índices de abstenção acima da média nacional em dois dos nove estados. 

Entre os principais estados que receberam reforço de efetivo com hora extra pago pela PRF estão justamente os locais onde Lula havia ganhado no primeiro turno, como Amazonas, Pará, Amapá, Maranhão, Tocantins, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Bahia e Minas Gerais.

No Maranhão, por exemplo, o acréscimo foi de 204,55%. O RN aparece em terceiro lugar empatado com Sergipe. Os dois estados tiveram reforço de 163,64%.

Segundo a PRF, o uso dos policiais foi feito com base em análise técnica que apontou que 65% dos crimes eleitorais no primeiro turno aconteceram nessas duas regiões.

A seguir, confira a lista completa com o acréscimo de policiais que receberam horas extras. A porcentagem na quarta coluna indica apenas o aumento, e não a relação entre os policiais de plantão e o efetivo extra. 

ESTADOPOLICIAIS EM PLANTÃOEFETIVO EXTRAAUMENTO
Maranhão2245204,55%
Roraima59180%
Rio Grande do Norte2236163,64%
Sergipe1118163,64%
Pará2845160,71%
Amazonas69150%
Acre69150%
Piauí3045150%
Amapá69150%
Alagoas1827150%
Paraíba2227122,73%
Pernambuco4854112,50%
Ceará4145109,76%
Minas Gerais94102108,51%
São Paulo5154105,88%
Espírito Santo2324104,35%
Mato Grosso 4142102,44%
Mato Grosso do Sul575494,74%
Tocantins131292,31%
Goiás464291,30%
Paraná635485,71%
Distrito Federal141285,71%
Rio Grande do Sul927884,78%
Bahia1129080,36%
Santa Catarina534279,25%
Rondônia322475%
Rio de Janeiro884854,55%

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.