Curso de Medicina da UFRN no interior do estado recebe conceito máximo
Natal, RN 24 de mai 2024

Curso de Medicina da UFRN no interior do estado recebe conceito máximo

3 de abril de 2023
3min
Curso de Medicina da UFRN no interior do estado recebe conceito máximo

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O curso de Medicina da Escola Multicampi de Ciências Médicas (EMCM) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebeu conceito máximo, na primeira avaliação, realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O resultado da avaliação foi informado à UFRN nesta segunda-feira (3), após visita in loco, na última semana de março, realizada pelos avaliadores do Inep. Os critérios avaliados foram organização didático-pedagógica; infraestrutura; e corpo docente e tutorial.

As atividades são desenvolvidas no Centro Regional de Ensino Superior do Seridó (Ceres), que tem campi situados nos municípios de Caicó e Currais Novos, e na Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (Facisa), em Santa Cruz.

Para o diretor da EMCM, George Dantas de Azevedo, o resultado atesta o nível de excelência reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). De acordo com ele, o resultado simboliza a consolidação de um projeto desafiador de formação de profissionais da saúde no interior estado.

“O curso tem apresentado resultados satisfatórios de fixação dos profissionais, visto que já formou três turmas, com um total de 119 médicos e médicas, e cerca de 50% está atuando na atenção primária da região do Seridó”, George destacou ainda que os próximos desafios são a conclusão da obra da sede da EMCM e a ampliação do corpo docente.

A primeira turma do curso ingressou em 2014. Em 2012, o Ministério da Educação (MEC) disponibilizou 1.615 vagas de Medicina no país, principalmente, para cidades do interior do Norte e Nordeste, devido à baixa relação entre o número de médicos por habitante e a distribuição geográfica dos cursos existentes. Com isso, a UFRN instituiu a Comissão para Implantação do Curso de Medicina e seu Projeto Pedagógico.

A EMCM é também a primeira faculdade de medicina do Brasil a receber a certificação internacional Social Accountability’.

A certificação foi expedida pela The Network Towards Unity for Health (TUFH), que reconhece o trabalho desenvolvido por instituições de saúde com o intuito de promover o desenvolvimento da sociedade local.

A avaliação considerou os seguintes componentes: recrutamento, seleção e suporte de alunos; recrutamento e desenvolvimento de professores; o que, como e onde os alunos aprendem; se as atividades de pesquisa atendem às prioridades da comunidade; governança e engajamento das partes interessadas; resultados acadêmicos; e impacto social.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.