Extrema-direita racha no RN e Lagartixa rompe novamente com Sargento Gonçalves: “me envergonha”
Natal, RN 28 de mai 2024

Extrema-direita racha no RN e Lagartixa rompe novamente com Sargento Gonçalves: “me envergonha”

12 de abril de 2023
3min
Extrema-direita racha no RN e Lagartixa rompe novamente com Sargento Gonçalves: “me envergonha”

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Pela segunda vez, o policial militar reformado Wendel Fagner Cortez de Almeida, o “Wendel Lagartixa” (PL), anunciou rompimento com o deputado federal Sargento Gonçalves (PL). É mais um capítulo na relação conturbada entre dois nomes da extrema-direita do Rio Grande do Norte.

Lagartixa gravou um vídeo em uma rua alagada na zona Norte de Natal e disse que o ex-aliado não tem dado retorno para ajudar a resolver a situação e disparou: 

“Eu não tenho como mais segurar a irresponsabilidade e o desprezo que o senhor me dá (...). Quero que o povo do Rio Grande do Norte a partir de hoje saiba que com Sargento Gonçalves não tenho acordo político nenhum mais”, afirmou.

“Todo dia eu boto vídeo e Sargento Gonçalves não liga, ele não diz nada, ele não fala nada. Ele tá c#gando e andando para o que a gente tá fazendo também”, criticou.

“A gente conversa, mas politicamente eu não quero papo mais. Eu não tenho cara para estar recebendo cobrança de ninguém por causa de Sargento Gonçalves, para dizer a vocês que eu não tenho mais nada com ele. Eu apaziguei, mas não tem como eu segurar isso”, continuou.

O militar foi o deputado estadual mais votado do RN em 2022, mas não assumiu depois de uma ação do Ministério Público Eleitoral por ter sido condenado anteriormente por um crime hediondo. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que julgou o caso em março, os oito anos de inelegibilidade após o cumprimento da pena não haviam sido respeitados. Pela lei, ele deve ficar sem concorrer até 2029.

Já Sargento Gonçalves fez dobradinha com Lagartixa e foi eleito deputado federal na esteira da popularidade adquirida pelo ex-colega. Esta foi a segunda rusga pública entre os dois.

Nesta quarta (12), o parlamentar fez uma transmissão online de quase uma hora em que rebateu as acusações contra si e disse que sofre “ataques covardes”.

“Quando você está num combate policial, você está olhando o inimigo que está na frente, que vem lhe atacar, e você espera vir o ataque do inimigo. Quando é de repente, aquele que está nas suas costas está atirando em você. Aquele que você tinha por amigo, aquele que você tinha consideração, tinha respeito, aquele que você nunca traiu, nunca foi desleal, e Wendel sabe disso”, comentou.

“Tu mente demais e a gente não sabe de nada”

A primeira desavença ocorreu em 13 de fevereiro, com menos de duas semanas depois que Gonçalves havia assumido o cargo. 

Em um desabafo, Lagartixa acusou o parlamentar de “mau-caratismo político”. Antes, em uma conversa de áudio vazada em que cobrou satisfações sobre o funcionamento do gabinete, Lagartixa já tinha dito que Gonçalves “mente demais”.

O anúncio do rompimento foi feito pelo próximo Lagartixa nas redes sociais.

“Eu tô rompido por causa do mau-caratismo político do senhor. Não tenho o que falar do senhor em viatura de polícia, mas, como político, eu tenho certeza absoluta que o senhor vai ter a mesma desenvoltura que os políticos do RN na sua maioria”, apontou. Horas depois, Lagartixa apagou o vídeo, que já não consta mais em sua página.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.