Força Nacional deverá continuar por mais 30 dias no RN
Natal, RN 22 de mai 2024

Força Nacional deverá continuar por mais 30 dias no RN

13 de abril de 2023
2min
Força Nacional deverá continuar por mais 30 dias no RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Força Nacional deverá permanecer por mais 30 dias no Rio Grande do Norte. O contingente de vários estados do país chegou ao território potiguar na madrugada de 15 de março para auxiliar no combate aos atos criminosos que estavam ocorrendo à época.  

O pedido de prorrogação da Força Nacional no RN foi oficializado nesta quarta-feira (12), após solicitação feita pelo governador em exercício, Walter Alves (MDB), ao ministro da Justiça e da Segurança Pública, Flávio Dino. 

A solicitação deverá ser acatada e publicada nos próximos dias por meio de portaria no Diário Oficial da União.

Em março, o Estado enfrentou uma crise de violência que deixou cidades sem circulação de ônibus, escolas e universidades fechadas e outros serviços públicos suspensos. 

Nas ações criminosas, veículos foram incendiados e prédios foram depredados, em atos orquestrados por facções. 

Na terça-feira (14), dia em que foi registrada a primeira ocorrência no Estado, ocorreram ao menos 104 atos criminosos em todo o Rio Grande do Norte, entre casos consumados e tentados, segundo a Sesed. Aos dias seguintes se seguiram uma queda diária nos registros, até o sábado (25), primeira vez desde o início da onda de violência em que não houve nenhum ataque.

Em 20 de março, o ministro Flávio Dino veio a Natal e anunciou a liberação de R$ 100 milhões para serem investidos na segurança do RN. Os recursos serão para investimentos a curto e longo prazo, como aquisição de viaturas e armamentos para conter a crise de violência que atinge o Estado, além da construção de uma nova unidade prisional e ampliação de vagas nas unidades já existentes. Do montante que caberá à execução pelo governo local, R$ 49 milhões serão aplicados pela segurança pública e R$ 26 milhões pelo sistema prisional estadual.

Segundo a Sesed, cerca de 300 agentes permanecem no RN.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.