Ministério antecipa para 2023 leilão de linhas de transmissão de energia
Natal, RN 30 de mai 2024

Ministério antecipa para 2023 leilão de linhas de transmissão de energia

7 de maio de 2023
Ministério antecipa para 2023 leilão de linhas de transmissão de energia

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O governo federal vai antecipar o leilão de novas linhas de transmissão de energia. O compromisso atende um pedido da governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, e foi anunciado pelo ministro das Minas e Energia, Alexandre Silveira, em reunião do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Nordeste realizada na última sexta-feira (06), em Fortaleza, no Ceará.

A expansão das linhas de transmissão é considerada essencial para consolidar os novos projetos de geração de energias renováveis no Rio Grande do Norte, que captou investimentos no valor de R$ 31 bilhões no ano passado.

"Sem a expansão das linhas de transmissão, os projetos do Rio Grande do Norte, da Paraíba, do Ceará, enfim, de todo o Nordeste, vão ficar travados. Por isso, a reivindicação que estamos fazendo ao presidente Lula no sentido de que seja realizado o leilão para expansão das linhas de transmissão para que possamos ampliar os investimentos nessa área”, avaliou a governadora Fátima.

A região Nordeste tem um protagonismo na geração de energia limpa, sendo o Rio Grande do Norte o maior produtor de energia eólica da América Latina, com mais de 6 GW de potência instalada. “Estamos planejando sair de seis para 12 gigawatts de produção de energias renováveis nos próximos três anos, desde que haja a expansão das linhas de transmissão”, ressaltou a chefe do executivo estadual.

O leilão, originalmente previsto para 2024, deve ser antecipado para o segundo semestre deste ano. O Ministro anunciou, ainda, investimentos de R$ 56 bilhões para a interligação do Nordeste ao Sudeste, visando atrair empresas internacionais interessadas nas potencialidades eólica e solar que a região oferece.

“Os governadores do Consórcio Nordeste foram unânimes em defender a antecipação do último leilão, previsto para o ano que vem. Nós vamos trabalhar fortemente para que todos os estados sejam contemplados com estes investimentos. Esses R$ 56 bilhões darão condição de os investimentos serem mais céleres, atraindo empresas internacionais que estão interessadas nas potencialidades eólica e solar que o Nordeste oferece ao Brasil e ao mundo. Que aqui possa ser realmente o grande celeiro das energias limpas e renováveis do Brasil”, disse Alexandre Silveira.

Os governadores do Nordeste também reivindicaram a prorrogação das outorgas para que haja compatibilidade com a construção das novas linhas de transmissão de energia para que os Estados não tenham os projetos que estão sendo encaminhados levados para outras regiões.

“Nós temos que buscar e ter a clareza de que nós precisamos manter esses projetos que estão aprovados na nossa região. A gente tem que entender isso, o que já está com outorga, o que já está definido, a gente tem que garantir”, ponderou o governador da Paraíba, João Azevêdo, que preside o Consórcio Nordeste.

Além disso, a governadora Fátima Bezerra ressaltou a importância do hidrogênio verde, considerado o combustível do futuro, e destacou que o Nordeste tem um papel importante a desempenhar nesse contexto. Ela considera que a substituição das energias de origem fóssil pelas produzidas por fontes limpas é irreversível e representa um novo ciclo de desenvolvimento sustentável para a região.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.