Presidente da Petrobras se dirige às mulheres em fala do 1º de Maio e anuncia medidas de combate a assédio
Natal, RN 20 de jun 2024

Presidente da Petrobras se dirige às mulheres em fala do 1º de Maio e anuncia medidas de combate a assédio

1 de maio de 2023
3min
Presidente da Petrobras se dirige às mulheres em fala do 1º de Maio e anuncia medidas de combate a assédio

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Ao contrário do que costuma ocorrer na língua portuguesa, com o masculino na frente quando há a presença dos gêneros masculino e feminino numa mesma frase, o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, começou sua fala para este 1º de Maio colocando as mulheres à frente em seu discurso.

Numa publicação deste domingo (30), Jean Paul antecipou que a estatal fará uma pesquisa mais moderna para detectar as condições de trabalho dentro da empresa.

Jean Paul Prates I Imagem: reprodução
Jean Paul Prates I Imagem: reprodução

Foi com base nessa escuta ativa que, de imediato, já tomamos algumas decisões. Seguramos algumas transferências e abrimos a possibilidade de teletrabalho de cinco dias para pessoas com deficiência. Vamos lançar, em breve, uma pesquisa de clima e engajamento, de ambiência aprimorada, mais moderna, para termos um retrato fidedigno do momento atual, das nossas condições de trabalho”, relata o presidente da Petrobras.

No início do mês, o colunista Ancelmo Gois, do jornal “O Globo”, expôs denúncias de assédio dentro das plataformas da Petrobras contra mulheres. Há relatos de vazamento de vídeos íntimos, tentativas de beijar funcionárias à força, homens andando pelados no ambiente de trabalho, além de assédio moral. Na época, assim que tomou conhecimento dos relatos, Prates já havia se solidarizado às vítimas e anunciado o fortalecimento de medidas de combate ao assédio.

Jean Paul também anunciou a criação de dez grupos de trabalho que irão se reunir durante dois meses. O atual Grupo de Enfrentamento ao Assédio e Importunação Sexual vai continuar em atividade, mas com mais atribuições e um novo nome “PCD Diversidade e Combate às Opressões”.

Os demais grupos tratarão de temas como Planejamento Estratégico; Efetivo e Transferências; Remuneração Variável e Plano de Cargos e Salários; SMS Saúde Mental; Tabela e Troca de Turno; Teletrabalho; Terceirização; Anistia; MAS e Petros.

Jean Paul Prates também adiantou que fará novos anúncios voltados para as trabalhadoras e trabalhadores da empresa neste 1º de Maio.

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, já antecipou o reajuste do salário mínimo dos atuais R$ 1.302,00 para R$ 1.320,00, sendo essa a primeira vez em seis anos que o mínimo é reajustado acima da inflação.

Além disso, Lula também anunciou a mudança na faixa de isenção do Imposto de Renda, que passa de R$ 1.903,98 para R$ 2.640,00.

Confira o vídeo:

Jean Paul Prates (@jeanpaulprates) | Instagram

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.