Ao som de “Feiticeira” e outros clássicos, Dia Estadual do Brega é sancionado no RN
Natal, RN 18 de jun 2024

Ao som de “Feiticeira” e outros clássicos, Dia Estadual do Brega é sancionado no RN

2 de junho de 2023
Ao som de “Feiticeira” e outros clássicos, Dia Estadual do Brega é sancionado no RN

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Para a alegria de artistas populares e fãs do gênero, a lei do Dia Estadual do Brega foi sancionada nesta quinta-feira (1) no Complexo Cultural Rampa. A data instituída é em homenagem ao aniversário do cantor potiguar Carlos Alexandre (1957-1989), um ícone nacional do estilo. 

Ao som de clássicos como “Feiticeira”, "Agora Vai Pra Cadeia” e “Garotinha”, entre outros clássicos, o governo estadual reconheceu oficialmente o estilo musical de origem popular através da lei nº 11.452. O propositor do projeto foi o deputado Ubaldo Fernandes (PSDB).

Carlos Alexandre nasceu em 1º de junho de 1957 e faleceu em 1989, precocemente, aos 31 anos, após sofrer um acidente de carro entre São José de Campestre e Tangará.

Agora, a sanção da lei traz atenção e prioridade em editais públicos e maior presença em festivais à classe artística do segmento do brega. 

“Temos a partir de agora um compromisso de valorização e preservação da música popular para promoção do brega do Rio Grande do Norte para o Brasil, através do fomento da Lei Paulo Gustavo, que está em curso através das ações que serão feitas pela Secretaria Extraordinária da Cultura e Fundação José Augusto. Estou muito feliz e emocionada por essa lei que presta tributo à obra de Carlos Alexandre. Viva o brega!” declarou a governadora Fátima Bezerra (PT).

Na solenidade, participaram intérpretes do estilo como os cantores Fernando Luiz, Messias Paraguai, José Orlando, Carlos Alexandre Júnior, Ary Maia, Yhran Barreto, Dodora Cardoso, Nara Costa, Getúlio Marques, Fernando Luna Carlos Zens, Ivanildo Di Natal, João Ceará, Abdênio Ribeiro, Roberto Cantor, Anísio Sobrinho Anísio Sobrinho e Niltinho de Acari.  

Durante o evento, dezenas de pessoas presentes cantaram os principais sucessos do brega potiguar, acompanhados por teclado e guitarra, tradicionais instrumentos do gênero musical.

Filho do homenageado, Carlos Alexandre Jr. destacou a data especial. 

“Ele [Carlos Alexandre] fez muitas homenagens à Natal, em forma de música, onde ele ia fazer show sempre dizia que era um artista potiguar, de Natal, então hoje foi um meio de gratificação por tudo que meu pai representou pra cidade de Natal”, disse.

Emocionado, o cantor Fernando Luiz falou sobre o reconhecimento do estilo.

“Os intérpretes do brega deste Rio Grande do Norte vieram dos circos, das ruas, e agora estão finalmente reconhecidos pelo poder público”, apontou.

“É um dia inesquecível para todos nós que produzimos uma música que vem do coração do povo”, celebrou o artista.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.