Com aula de frente para o mar, pescadores de Tabatinga concluem ciclo de alfabetização
Natal, RN 2 de mar 2024

Com aula de frente para o mar, pescadores de Tabatinga concluem ciclo de alfabetização

29 de junho de 2023
4min
Com aula de frente para o mar, pescadores de Tabatinga concluem ciclo de alfabetização

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

É diante desse cenário paradisíaco que os pescadores da praia de Tabatinga, localizada no município de Nísia Floresta, a cerca de 1 hora de Natal, têm aulas de alfabetização uma vez por semana por meio do projeto Tarrafas, iniciado em 2017 através de uma parceria entre a Colônia de Pescadores Z10 de Pirangi do Sul, o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e a Secretaria Municipal de Educação de Nísia Floresta.

Suzana Araújo, presidente da Colônia de Pescadores Z10 de Pirangi do Sul I Foto: Mirella Lopes
Suzana Araújo, presidente da Colônia de Pescadores Z10 de Pirangi do Sul (à esquerda, de azul) I Foto: Mirella Lopes

Percebemos que muitos pescadores ainda usavam a digital, ao invés de assinar o nome, e o governo não aceita mais. Foi a partir daí que buscamos as parcerias, eles têm aulas uma vez por semana e cada professor fica com uma turma de cinco alunos”, conta Suzana Araújo, presidente da Colônia de Pescadores Z10 de Pirangi do Sul.

As aulas são realizadas toda segunda-feira no espaço onde os pescadores já costumam se encontrar por causa do trabalho, o rancho, que funciona como uma estrutura de apoio para a pesca.

Os professores avaliam como extraordinária a experiência de toda segunda-feira ir para uma escola diferenciada. Os professores enquanto partilham do conhecimento escolar aprendem muito sobre a cultura pesqueira. As trocas são bastante significativas”, comenta o professor do IFRN Mateus Nascimento, que participa do Projeto Tarrafas.

Pescador observa o mar no rancho em Tabatinga I Foto: Mirella Lopes
Pescador observa o mar no rancho em Tabatinga I Foto: Mirella Lopes

O projeto Tarrafas começou com a previsão de durar sete meses, mas já segue em sua 4ª edição. Três turmas já se formaram até agora, mas por causa da pandemia da covid-19 as aulas haviam sido suspensas em 2020, 2021 e 2022, e foram retomadas em 2023. Esta semana, as turmas completaram o primeiro ciclo de aulas depois da retomada.

Foi o encerramento do primeiro semestre de práticas interdisciplinares no diálogo com a literatura, a Língua Portuguesa, a Geografia e a Matemática. O momento no Rancho em Tabatinga foi primoroso de confraternização regado a poesia, música e conhecimento sobre a mecânica de motores, aula de campo ministrada pela profa. Rosimar e Prof. Manoel do Curso de Mecânica do IFRN”, explica o professor Mateus Nascimento.

Os alunos que participam do projeto estão matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Eles passam por um ciclo de aulas que dura sete meses em turmas mistas com diferentes níveis de aprendizagem.

Alguns estão nos níveis iniciais do processo de aquisição da escrita e da leitura e outros (frequentadores desde o início) estão envolvidos nas práticas de leitura e escrita, lendo livros e escrevendo cartas. A recepção tem sido maravilhosa. Eles gostam de estudar e aprender no espaço da colônia, tanto que chegamos em 2017 para vivenciar o projeto de extensão durante sete meses e, atualmente, estamos vivenciando a quarta edição do Tarrafas”, avalia o professor do IFRN.

Rancho de pescadores em Tabatinga I Foto: Mirella Lopes
Vista do Rancho de pescadores em Tabatinga I Foto: Mirella Lopes

Saiba +

Pescadores de Tabatinga comemoram nova estrutura e área regularizada para atividades

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.