Potiguar Pedro Fiuza tem documentário exibido na Mostra de Cinema de Ouro Preto
Natal, RN 16 de jun 2024

Potiguar Pedro Fiuza tem documentário exibido na Mostra de Cinema de Ouro Preto

22 de junho de 2023
2min
Potiguar Pedro Fiuza tem documentário exibido na Mostra de Cinema de Ouro Preto

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Até a próxima segunda (26), o documentário “A Edição do Nordeste”, dirigido pelo potiguar Pedro Fiuza, pode ser assistido online e gratuitamente no site da 18ª Mostra de Cinema de Ouro Preto, que faz parte do calendário dos principais circuitos e festivais de cinema do Brasil.

O filme é inspirado no livro “A Invenção do Nordeste e outras artes”, de Durval Muniz de Albuquerque Júnior, e no espetáculo “A Invenção do Nordeste”, do Grupo Carmin de Teatro, que recebeu o Prêmio Shell de Melhor Dramaturgia e do Cesgranrio de Melhor Espetáculo.

O documentário, assim como os trabalhos nos quais se inspira, propõe uma desconstrução em torno do estereótipo do nordestino. Fiuza faz uma viagem pela cinematografia brasileira para questionar o Nordeste enquanto criação política através da imagem, que foi reproduzida e divulgada com a ajuda do cinema.

Além de dirigir e escrever “A Edição do Nordeste”, Pedro Fiuza integra o grupo Carmin e faz parte da equipe do curta “Sideral”, que garantiu ao Rio Grande do Norte sua primeira indicação ao Festival de Cannes, na França, em 2021, na mostra competitiva.

Para assistir, CLIQUE AQUI!

Ficha técnica de “A Edição do Nordeste”:

SINOPSE: Para se inventar uma região é preciso criar sua cultura, de preferência com ajuda do cinema. Inspirado no livro e peça “A Invenção do Nordeste”, esta é uma reedição de filmes brasileiros essenciais para a fundação do imaginário nordestino.

ESCRITO E DIRIGIDO POR: Pedro Fiuza

INSPIRADO na obra “A Invenção do Nordeste e outras artes” de Durval Muniz de Albuquerque Júnior e no espetáculo “A Invenção do Nordeste” do Grupo Carmin de Teatro (espetáculo dirigido por Quitéria Kelly com dramaturgia de Henrique Fontes e Pablo Capistrano).

PRODUZIDO POR: Pedro Fiuza e Mariana Hardi

PESQUISA: Henrique Fontes, Matteus Cardoso, Pablo Capistrano e Pedro Fiuza

PRODUÇÃO EXECUTIVA: Mariana Hardi

Saiba +

Filme potiguar “Sideral” é finalista no Festival de Cannes

Curta potiguar “Sideral” é aplaudido de pé no Festival de Cannes

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.