RN terá acesso a empréstimos de até R$ 1,6 bi após adesão a programa de equilíbrio fiscal
Natal, RN 24 de abr 2024

RN terá acesso a empréstimos de até R$ 1,6 bi após adesão a programa de equilíbrio fiscal

30 de junho de 2023
2min
RN terá acesso a empréstimos de até R$ 1,6 bi após adesão a programa de equilíbrio fiscal

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O Rio Grande do Norte vai ingressar no Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal (PEF). O acordo foi firmado pela governadora Fátima Bezerra (PT) e permitirá ao Estado o acesso a linhas de empréstimo de até R$ 1,6 bilhão. 

O decreto foi assinado nesta quinta-feira (29) pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva durante audiência no Palácio do Planalto com Fátima. Uma das destinações será para a recuperação de estradas, elencada por Fátima como uma das prioridades deste segundo mandato. Outras áreas também serão contempladas. 

“Esses recursos, para nós, são muito importantes, pois serão destinados prioritariamente para fazermos um grande investimento na recuperação e na malha rodoviária do Rio Grande do Norte, associado a investimentos também que vamos fazer na área do turismo e agricultura familiar”, comemorou a chefe do Executivo estadual.

O decreto que viabiliza a adesão do Rio Grande do Norte ao PEF foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (30). A governadora destacou a importância dessa medida para concretizar projetos relevantes para o desenvolvimento do RN.

Além da reestruturação das estradas, parte dos recursos obtidos por meio do empréstimo serão investidos nos setores do turismo e da agricultura familiar. O turismo é uma importante atividade econômica no Rio Grande do Norte, atraindo milhares de visitantes ao longo do ano. Com investimentos nessa área, será possível melhorar a infraestrutura turística, impulsionar o setor e gerar mais empregos, segundo o governo.

A agricultura familiar também receberá atenção especial, com o intuito de fortalecer esse segmento fundamental para a economia do estado, destacou o Executivo. O investimento nessa área contribuirá para o desenvolvimento sustentável, estimulando a produção agrícola local e proporcionando melhores condições de vida para os agricultores familiares, garantiu.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.