Semana do Orgulho terá homenagens a ícones do movimento LGBTI+ do RN; veja
Natal, RN 13 de jul 2024

Semana do Orgulho terá homenagens a ícones do movimento LGBTI+ do RN; veja

26 de junho de 2023
5min
Semana do Orgulho terá homenagens a ícones do movimento LGBTI+ do RN; veja

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

No mês em que se celebra o orgulho LGBTI+, o Governo do Estado promoverá uma semana com festividades e assinatura de termo de políticas públicas de combate à LGBTfobia. Haverá reverências a ícones do movimento no Estado, como Jaqueline Brasil e Wilson Dantas, além de uma homenagem póstuma à influenciadora digital Flávia Big Big, morta em maio.

A programação será realizada pela Secretaria das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh), por meio da Coordenadoria de Diversidade Sexual (Codis). As atividades se iniciam nesta segunda-feira (26) e seguem até 4 de julho.

Homenagens

A abertura na segunda será feita com o  Prêmio ZEZO – do orgulho LGBT Potiguar, que tem como objetivo homenagear nomes do segmento LGBTI+. O evento acontece no Teatro Alberto Maranhão a partir das 18h. 

Serão cinco grupos de homenageados. O primeiro é para os apoiadores da causa. Nesta lista se incluem parlamentares e gestores públicos. Os nomes são os dos deputados estaduais Divaneide Basílio (PT); Eudiane Macedo (PV), Francisco do PT e Adjuto Dias (MDB), além da deputada federal Natália Bonavides (PT) e Fernando Mineiro (PT). 

Há também o diretor geral da Fundação José Augusto (FJA), Gilson Matias; a secretária extraordinária de Cultura, Mary Land Brito, além do prefeito de Natal, Álvaro Dias (Republicanos).

Outros homenageados serão artistas LGBT, como Priscila Vilela, Verônica Lago, Jocélio Nunes, Vic Kabulosa, Amém Ore, Allan Almeida e Vanessa Souza.

A premiação não se esquecerá daqueles que foram pioneiros em Natal e no Rio Grande do Norte. Neste grupo, estão nomes como Jacqueline Brasil, Wilson Dantas, Sérgio Cabral, Goretti Gomes, Eurian Nóbrega, Lula Belmont e Amanda Lima.

Jacqueline é a presidenta da ATREVIDA-RN (Associação das Travestis e Transexuais), que atua na promoção da saúde de travestis, no combate à violência e na defesa da cidadania desta população, além de promover inclusão no mercado de trabalho.

Wilson é coordenador do Fórum LGBT Potiguar, membro do Conselho LGBT da capital, representando a Liga Norte-rio-grandense de Apoio e Combate a AIDS, e um dos organizadores da Parada LGBT de Natal.

Já Sérgio Cabral coordena o Centro LGBT da cidade e também participa do Conselho municipal, na cadeira de representação da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Semtas).

Goretti Gomes, por sua vez, é coordenadora do Grupo Afirmativo de Mulheres Independentes (Gami), entidade ativista que reúne lésbicas, feministas e antirracistas. 

Eurian Nóbrega é presidente da Associação dos Homossexuais do Vale do Assú (AHVA).

Outro ícone gay, Lula Belmont é o fundador do tradicional bloco As Kengas e dono do Bardallos Comida & Arte, restaurante, bar e espaço cultural no centro da capital potiguar. A última homenageada nesta categoria será Amanda Lima.

Outro momento será reservado para uma lembrança à influenciadora e humorista Flávia Big Big. A travesti morreu em 8 de maio em Natal. Ela estava internada desde 14 de abril no Hospital Universitário Onofre Lopes.

Em mais um grupo, Thabatta Pimenta (PSB) e Brisa Bracchi (PT) serão homenageadas como pessoas LGBT na política. Pimenta foi a primeira vereadora trans do Rio Grande do Norte, ao ser eleita em 2020 no município de Carnaúba dos Dantas. No ano passado, concorreu a deputada federal e foi a mais votada na nominata do PSB.

Já Bracchi, no primeiro mandato na Câmara de Natal, é a autora da lei que estabelece o dia 23 de setembro como data para celebrar o Dia da Visibilidade Bissexual, além de outros projetos em favor da comunidade LGBT. Também possui trajetória no movimento estudantil, sendo ex-diretora de mulheres da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes).

As últimas reverências irão dar o reconhecimento pelos trabalhos prestados na Codis por ex-funcionários. A lista inclui a jornalista Janaína Lima, primeira travesti gestora pública do Governo do RN, os ex-servidores Yuri Paes e Maria Clama e a ex-titular da Semjidh e vereadora de Natal pelo PCdoB, Júlia Arruda. 

Mais

No dia 27, haverá a assinatura do termo do decreto que criminaliza a LGBTfobia no Estado. O texto impõe a obrigação das empresas públicas e privadas do Rio Grande do Norte a fixarem cartazes contra o preconceito. O decreto será assinado pela governadora Fátima Bezerra (PT) na Governadoria.

No dia 28, acontece o Arraiá do Centro LGBTI+, no Centro de Cidadania LGBT e no dia 30 será realizada uma aula de dança voltada ao público LGBT, na Academia Panobianco. 

Para concluir a programação, no dia 4 de julho haverá a reunião com as entidades LGBTI+ que compõem o Conselho Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos do RN. O evento servirá para a construção de um plano de enfrentamento à LGBTfobia e à busca para garantir recursos do poder público estadual.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.