A verdadeira condenada
Natal, RN 24 de abr 2024

A verdadeira condenada

9 de julho de 2023
3min
A verdadeira condenada

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Por Bia Crispim

Essa semana o lobo disfarçado de pastor atacou novamente. Mais uma vez propagou o ódio. E não satisfeito, incitou a morte de pessoas LGBTQIAPN+ (assumidas, porque ele tirou o corpo fora, afinal o falso pastor é uma ovelha desgarrada dessa comunidade. Usa seu capuz preto pra se disfarçar e enganar melhor as pobres ovelhinhas que bebem na sua lagoinha.)

Fez isso, inclusive usando não só o nome, mas também a “voz” de Deus. Sim! Ele acredita que tem esse poder. Que infeliz! Eis um verdadeiro condenado ao julgamento e à ira divina. E não sou eu que digo, é a bíblia, livro que acredito que o pastor nem conheça.

Ele deve ter aprendido só uns capítulos e uns versículos que sustentem seu ódio, e nada mais. Pois é! Porque se ele conhecesse a Bíblia, teria lido em Deuteronômio 5:11 – “Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão.”; como ele fez em sua pregação.

Já estou sentindo o cheiro de carne podre queimando! Ui!

E digo mais, ainda nesse mesmo livro, no Deuteronômio 5:17, expressa-se claramente que um dos mandamentos de Deus é “Não matarás.” Pasmem! Mas ele incentivou suas ovelhinhas a se transformarem em lobos como ele e a partirem para uma matança de pessoas que não pertencem a sua tribo. Ele derramou falsidades e mentiras sobre as existências LGBTQIAPN+’s com o intuito de alimentar seu próprio ódio (o seu ódio próprio, também) despejando-o dentro da lagoinha onde as ovelhinhas bebem e se envenenam. O Deuteronômio 5:20 também condena isso: “Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.”

Quanto ao “Não matarás”, ensinamento bíblico que se repete em Êxodo 21:12 – “Quem ferir a um homem, de modo que este morra, certamente será morto.”, parece ter sido ignorado pelo lobo em pele de pastor. Mas foi como disse, acho que ele não conhece a Bíblia.

Essa criatura está vivendo um processo progressivo de autocondenação. E sabedora disso ela se torna um ser humano ainda pior, pois não querendo ser jogada no abismo sozinha, procura arrastar um número incalculável de pessoas consigo. “Vou pular do precipício, mas levarei meu rebanho junto” – Valadão 1:1.

Que Deus se apiede dessa pobre ovelha desgarrada de Seus bons ensinamentos. Que Ele possa libertá-la de seu ódio. Que Ele possa torná-la um ser humano feliz tirando-a do armário em que se esconde. Que Ele possa ensiná-la a amar de verdade e sem medo os seus iguais e os seus diferentes. Que Deus seja capaz de despi-la dos seus muito disfarces. Que Deus ouça minhas preces para que ela não seja mais uma pessoa verdadeiramente condenada.

Encerro a coluna da semana deixando um recado de amor e acolhimento ao pastor da lagoinha: Quando a unicórnio que habita em você relinchar, venha pastar nos campos da comunidade LGBTQIAPN+, pois aqui, ao contrário de ódio e perseguição, você será acolhida e amada. Nossa comunidade tem um sinal de + no final justamente pra agregar mais e mais pessoas, independente de qualquer coisa, afinal seguimos um mandamento bíblico que diz: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Está em Marcos 12:30–31, você já ouviu falar dele?

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.