Associação de Juristas Potiguares pela Democracia celebra 6 anos lembrando que o fascismo não foi derrotado por completo
Natal, RN 24 de abr 2024

Associação de Juristas Potiguares pela Democracia celebra 6 anos lembrando que o fascismo não foi derrotado por completo

22 de julho de 2023
3min
Associação de Juristas Potiguares pela Democracia celebra 6 anos lembrando que o fascismo não foi derrotado por completo

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Associação de Juristas Potiguares pela Democracia e Cidadania (AJPDC) celebra 6 anos neste sábado (22) lembrando que, apesar das conquistas dos últimos anos, o fascismo ainda não foi derrotado por completo no país com a eleição de Lula e a derrota eleitoral de Jair Bolsonaro.

Em nota, o grupo comemora a iniciativa histórica de organização dos profissionais do Direito no Rio Grande do Norte. Como parte das celebrações haverá uma debate sobre a fundação da AJPDC a partir das 15h, no canal do youtube da entidade.

Participam da live o advogado e coordenador de Comunicação da  AJPDC Jose Maria e a juíza do Trabalho Lygia Godoy, membra da Associação Juizes pela Democracia. O debate sera mediado pelo radialista e diretor da CTB/RN Felipe Lima.

Leia nota na íntegra:

NOTA COMEMORATIVA DE SEXTO ANIVERSÁRIO DA AJPDC

A Associação de Juristas Potiguares pela Democracia e Cidadania – AJPDC, entidade sem fins corporativos, sediada em Natal-RN, que tem como objetivos precípuos a promoção dos valores democráticos e a defesa dos direitos e liberdades fundamentais, completa seis anos de existência e atividade ininterrupta, nestes 22 de julho de 2023.

É dia de celebrarmos seu nascimento materializado pela iniciativa histórica de um conjunto de pessoas identificadas como defensoras intransigentes do Estado Democrático de Direito, no momento em que a democracia brasileira viu-se mais ameaçada, desde a promulgação da Constituição Federal de 1988, pelo fascismo travestido com as cores da bandeira nacional.

A união das forças progressistas logrou êxito, no enfrentamento e no desmantelamento dos projetos e das ações extremistas que tinham por finalidade a destruição das liberdades em nome da liberdade, a destruição das famílias em nome do modelo fascista de família, a prevalência dos interesses imperialistas contra os interesses nacionais, em nome do patriotismo fascista, a entrega das riquezas brasileiras ao capital estrangeiro, a preço vil, em nome do liberalismo recompensado com diamantes, afora o que se fez ocultamente, e a implantação da cultura do ódio em nome de Deus.

O fascismo não foi ainda efetivamente derrotado, no Brasil! Ele também é estrutural, presente que se encontra em nossas instituições, do que são exemplos diversos segmentos das Forças Armadas e das igrejas, principalmente as de orientação neopentecostal.

Por outro lado, o Objetivo Fundamental da República, consistente na construção de uma sociedade livre, justa e solidária, não foi ainda atingido, e nem estamos perto de tão grandiosa realização prevista no texto constitucional, assim como a criação de uma comunidade latino-americana de nações.

Então, celebramos seis anos da luta que continua! Não somos apenas vigilantes! Somos guardiães que intervêm, que agem na defesa da cidadania e do Estado Democrático de Direito.

Homenageamos, aqui, o exemplo da companheira Francis Alves, membra de nossa Associação, que lutou em defesa dos direitos sociais e de liberdade, até seus últimos dias de vida. Francis vive!

Viva ao Estado Democrático de Direito! Viva à cidadania! Viva à Liberdade! Viva à Vida! Viva à AJPDC!

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.