Idema recomenda medidas emergenciais com blocos de concreto e sacos de areia para conter erosão do Morro do Careca
Natal, RN 22 de abr 2024

Idema recomenda medidas emergenciais com blocos de concreto e sacos de areia para conter erosão do Morro do Careca

14 de julho de 2023
5min
Idema recomenda medidas emergenciais com blocos de concreto e sacos de areia para conter erosão do Morro do Careca

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Sem uma data certa para o início da obra de engorda da praia de Ponta Negra – o processo ainda está em fase de licenciamento – o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) recomendou que a Prefeitura do Natal faça uma extensão do enrocamento, com blocos de concreto ou sacos de areia, na base do Morro do Careca para conter a erosão que se encontra em estágio avançado, segundo relatório elaborado pelo Instituto.

O Morro já apresenta irregularidades em seu declive, resultado da erosão no local, com escoamento de sedimentos do topo para sua base. Numa vistoria realizada em dezembro do ano passado, no horário em que a maré está baixando, por volta das 15h, os técnicos do Idema encontraram usuários da praia na área isolada do Morro do Careca, onde a entrada de pessoas é proibida.

Além disso, foram constatados diferentes indícios que indicam a situação de fragilidade da duna, que faz parte da identidade da cidade:

Morro do Careca, localizado na praia de Ponta Negra, em Natal (RN) I Imagem: Idema
Morro do Careca, localizado na praia de Ponta Negra, em Natal (RN) I Imagem: Idema
Morro do Careca, localizado na praia de Ponta Negra, em Natal (RN) I Imagem: Idema
Morro do Careca, localizado na praia de Ponta Negra, em Natal (RN) I Imagem: Idema

Fraturas

O Morro do Careca apresenta fraturas, que indicam instabilidade do terreno e podem se romper. Uma delas possui abertura de dois metros, de acordo com a vistoria.

Cavidades

Há cavidades no sopé (na base) da falésia que são indicativos de risco de colapso, possíveis rupturas e movimento gravitacional de massa (de sedimentos, ou seja, areia).

Escaladas

As escaladas que continuam ocorrendo no Morro do careca aceleram o processo erosivo por causa da grande quantidade de areia que é deslocada e a consequente perda de sedimento. Há até uma faixa de escoamento de sedimentos (linhas azuis) oriundos dessas escaladas. Os técnicos constataram que na região na qual não está havendo intervenção humana o escoamento é bem mais baixo.

Lascas

A formação de lascas de rocha nas faces da falésia é um indicativo de risco e, geralmente, estão associadas a outros elementos como fraturas e concavidades que contribuem para a ocorrência de movimentos gravitacionais de massa.

Depredação

Durante a vistoria também foi constatada, mais uma vez, a depredação da cerca de isolamento do Morro, o uso de equipamentos de praia da área de proteção, como guarda-sol, e foram até encontrados pertences de banhistas na área das falésias que se formaram na base do Morro do Careca.

O escavamento da base de um muro de arrimo, construído para separar o Morro da área residencial, e a exposição das raízes de plantas também são indícios da erosão da duna.

A Agência Saiba Mais entrou em contato com a Secretaria de  Meio Ambiente e Urbanismo de Natal (Semurb) para saber quais medidas o município planeja adotar para conter a erosão enquanto a obra de engorda de Ponta Negra não é iniciada, mas nós não obtivemos resposta até a publicação desta matéria.

Morro do Careca, localizado na praia de Ponta Negra, em Natal (RN) I Imagem: Idema
Morro do Careca, localizado na praia de Ponta Negra, em Natal (RN) I Imagem: Idema
Morro do Careca, localizado na praia de Ponta Negra, em Natal (RN) I Imagem: Idema
Morro do Careca, localizado na praia de Ponta Negra, em Natal (RN) I Imagem: Idema

Saiba +

Engorda de Ponta Negra: Prefeitura entrega respostas a questionamentos do Idema para licenciamento de obra

Não há informações claras sobre impactos sociais da engorda de Ponta Negra, diz diretor do Idema

Idema desmente Álvaro Dias sobre prazo de parecer técnico para engorda da praia de Ponta Negra

Engorda de Ponta Negra: Prefeitura de Natal sabia há cinco anos de questões que diz não ter tempo de responder

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.