RN tem caso suspeito de mormo em humano
Natal, RN 22 de abr 2024

RN tem caso suspeito de mormo em humano

28 de julho de 2023
2min
RN tem caso suspeito de mormo em humano

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) emitiu nota nesta sexta-feira (28) informando que foi notificada sobre um caso suspeito de contaminação pela bactéria Burkholderia mallei, que causa a doença conhecida como mormo.

O paciente está internado em uma unidade de saúde privada em Natal. O caso está em investigação: foram feitas coletas para exames e o homem segue em isolamento.

A Sesap, por meio da coordenação de Vigilância em Saúde, aguarda um relatório com novas informações e continua acompanhando o caso, com a rede ativada para acompanhar qualquer nova situação.

A doença

O mormo, também conhecido como lamparão, é uma zoonose infectocontagiosa que atinge equinos (cavalos, burros e mulas) e pode ser transmitida a outros animais e ao ser humano por meio de contatos com animais infectados.

A bactéria entra no organismo através da pele e das mucosas dos olhos e nariz. Profissionais que manejam estes animais, ou manipulam amostras contaminadas (veterinários, tratadores de equinos, funcionários de abatedouros e laboratoristas), têm maior risco de contrair a doença.

Em humanos, os sintomas são febre, dores musculares, dor no peito, rigidez muscular e dores de cabeça. Podem ainda ocorrer lacrimejamento excessivo, sensibilidade à luz e diarreia. As manifestações clínicas podem ser classificadas, de acordo com a forma de infecção localizada, pulmonar, generalizada e infecções crônicas.

Em junho, o Idiarn interditou 13 propriedades com animais infectados por mormo em nove municípios (São José de Mipibu, Pedro Velho, Extremoz, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, Ceará-Mirim, São Paulo do Potengi, João Câmara e Vera Cruz). A medida foi tomada após um surto local, que em menos de dois meses, atingiu 20 animais.

As mais quentes do dia

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.