Ex-vice de Micarla, Paulinho Freire quer ser o candidato de Álvaro Dias em 2024: “eu quero, o problema é ele querer”
Natal, RN 22 de abr 2024

Ex-vice de Micarla, Paulinho Freire quer ser o candidato de Álvaro Dias em 2024: “eu quero, o problema é ele querer”

15 de agosto de 2023
3min
Ex-vice de Micarla, Paulinho Freire quer ser o candidato de Álvaro Dias em 2024: “eu quero, o problema é ele querer”

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

O deputado federal Paulinho Freire (UB) voltou a reafirmar o desejo de administrar Natal, a partir de 2025. Ele é pré-candidato a prefeito e confirmou que já vem costurando as alianças para viabilizar uma candidatura capaz de vencer o pleito em outubro do próximo ano.

Entre os nomes citados por ele com conversas já iniciadas estão os senadores Styvenson Valentim (Podemos) e Rogério Marinho (PL), além do radialista e blogueiro Bruno Giovanni (sem partido).

Paulinho espera chegar ao 2º turno contra a petista Natália Bonavides ou enfrentando o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PSD), os dois pré-candidatos que lideram a corrida para ocupar o Palácio Felipe Camarão.

Em entrevista ao podcast da jornalista Thaysa Galvão nesta segunda-feira (14), o ex-empresário do Carnatal que virou político afirmou que já conta com o apoio de 18 dos 29 vereadores de Natal. Freire foi o vereador que por mais tempo presidiu a Câmara Municipal, seis vezes no total. Ele também foi deputado estadual e exerce, atualmente, o primeiro mandato de deputado federal.

Durante a entrevista, Paulinho afirmou ser um político “de centro” e procurou se afastar de qualquer relação ou identificação com o ex-presidente Jair Bolsonaro:

- Jair Bolsonaro é a cara da direita, que começou a existir mobilizada a partir dele. Eu sou de centro, gosto do equilíbrio. E digo sempre que Bolsonaro é melhor cabo eleitoral do que candidato”, afirmou.

Paulinho Freire admitiu que deseja o atual prefeito Álvaro Dias (Republicanos) em seu palanque em 2024. Ele afirmou que já tentou contato direto com o chefe do Executivo para falar sobre a sucessão municipal, mas tem ouvido de interlocutores que Álvaro só conversaria sobre política a partir de janeiro do próximo ano:

- Nós, candidatos, não podemos esperar até janeiro. A gente precisa fazer uma articulação e esperar que realmente ele venha nos apoiar. (Álvaro) tem todo o direito de escolher quem ele quiser, até porque é a sucessão dele. Mas eu acho que, se a gente já decidisse uma candidatura, seria muito bom. Eu quero ser o candidato de Álvaro, mas o problema é ele querer”.

 Além de Freire, o ex-deputado Rafael Motta, presidente estadual do PSB e hoje sem mandato, também pleiteia o apoio. O silêncio do prefeito é estratégico. Para concluir as obras de mobilidade na cidade, Álvaro precisa de verba federal e lançar uma candidatura em oposição a Natália Bonavides, neste momento, poderia dificultar a liberação de recursos.

Pouca gente lembra, mas Paulinho Freire foi vice-prefeito de Natal quando a jornalista Micarla de Sousa governou a cidade, entre 2009 e 2011. Ele não escondeu o constrangimento quando foi provocado a falar da ex-colega de chapa:

- É preciso separar o pessoal da gestora. Como pessoa era nota 10, mas houve falhas na gestão. Ela confiou em pessoas que mais atrapalharam do que ajudaram”, disse, sem citar nomes.

Ainda sobre o apoio de Álvaro Dias, o pré-candidato pelo União Brasil diz que vê o atual prefeito opinando em uma eventual gestão dele a partir de 2025. Freire quer olhar para frente:

- Cada gestão tem sua marca. Se a gente conseguir consolidar uma candidatura, é não olhar para o retrovisor, tem que olhar pra frente. Wilma teve a marca dela, Carlos Eduardo teve a dele, Micarla teve a dela, Álvaro Dias vai deixar uma grande marca... mas temos que pensar em conjunto. Às vezes as pessoas não se lembram, mas na época da prefeita Micarla haviam as policlínicas. Essas policlínicas ajudaram muito na saúde. Mas a gestão que assumiu acabou. Essas policlínicas até hoje são lembradas pelo povo. Então essas são ideias que podemos pegar, dar continuidade e melhorar”.

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.