Exposição em Natal traz bastidores inéditos de “Boi de Prata”, longa potiguar que integra história do cinema nacional
Natal, RN 24 de abr 2024

Exposição em Natal traz bastidores inéditos de “Boi de Prata”, longa potiguar que integra história do cinema nacional

5 de agosto de 2023
3min
Exposição em Natal traz bastidores inéditos de “Boi de Prata”, longa potiguar que integra história do cinema nacional

Ajude o Portal Saiba Mais a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

A exposição “Boi de Prata” chega a Natal, neste sábado (5), com fotos inéditas tiradas por Walter Carvalho dos bastidores das gravações do filme potiguar rodado em 1978, com roteiro, direção, trilha, atores e figurantes locais. O longa foi roteirizado e dirigido pelo caicoense Augusto Ribeiro Júnior e ficou mais de 30 anos guardado, quando foi resgatado e digitalizado, em 2019.

O filme representa um marco do cinema nacional, rodado numa época em que a produção cinematográfica estava restrita aos grandes centros.  Na década de 1970, no interior do Rio Grande do Norte, o caicoense Augusto Ribeiro Júnior dirigiu um longa-metragem que entraria para a história do cinema brasileiro. O filme “Boi de Prata” se tornou um marco por regionalizar produções e colocar o Seridó potiguar como cenário para a sétima arte no nosso país. O filme contou com direção de fotografia de Walter Carvalho, responsável mais tarde pela fotografia de obras como “Central do Brasil”, “Carandiru”, “Madame Satã” e na televisão, em novelas como “Pantanal”, “O Rei do Gado” e “Onde nascem os fortes”.

Com a exposição, que fica aberta durante todo o mês de agosto, a proposta é resgatar e preservar a história do cinema no Rio Grande do Norte. A visitação será aberta ao público, gratuitamente, ao longo do mês de agosto, na Pinacoteca do Estado. De terça a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos finais de semana, das 9h às 16h. O lançamento ocorre neste sábado, a partir das 17h.

No lançamento, também aberto ao público, serão exibidos o filme “Boi de Prata” em qualidade digital, além do documentário “Cores de Amaro”, dirigido por Márcia Lohss e Priscilla Vilela, que conta a história do potiguar Amaro Bezerra, maquiador e artista visual que integrou a equipe do histórico longa potiguar. Foi durante a gravação do documentário que as fotos inéditas foram descobertas e a ideia da exposição surgiu.

As fotos são uma preciosidade histórica do nosso cinema. Os negativos estavam guardados por mais de 40 anos. Com essa iniciativa, conseguimos resgatar o material para o Rio Grande do Norte e poderemos difundir um dos marcos do cinema brasileiro e potiguar. Além de ficarmos com as fotos de um dos mais importantes cineastas brasileiros que trabalhou na direção de fotografia de Boi de Prata, Walter Carvalho”, comemora a produtora Thalita Vaz.

A iniciativa é da Com Arte Cultural em parceria com a Cardeiro e conta com o Patrocínio da Potigás e do Governo do Estado e Fundação José Augusto através do Programa Cultural Câmara Cascudo e apoio da Pinacoteca do Estado.

Para mais informações sobre a programação, acesse o perfil no Instagram @comartecultural.

Serviço:

Expo Boi de Prata – fotografias de Walter Carvalho

Visitas: a partir deste sábado (5), 17h, quando haverá exibição dos filmes “Boi de Prata” e “Cores de Amaro”

Local: Palácio da Cultura - Pinacoteca do Estado do Rio Grande do Norte

Datas e horários: durante todo o mês de agosto (de terça a sexta, das 8h às 17h / sábados e domingos, das 9h às 16h)

Entrada Gratuita

Apoiar Saiba Mais

Pra quem deseja ajudar a fortalecer o debate público

QR Code

Ajude-nos a continuar produzindo jornalismo independente! Apoie com qualquer valor e faça parte dessa iniciativa.

Quero Apoiar

Este site utiliza cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.